0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

Exteriorizar nossa raça desse jeito é algo tão triste, realmente ainda somos animais com complexo de gradeza.

Perdemos a educação emocional que tínhamos em algumas culturas e sociedades, e somos sim, seres emocionais ao contrário do que muitos pensam de si e dos outros. Deixamos nossos prazeres, sentimentos e emoções guiarem nossas ações e sem um guia palpável muitas pessoas acabaram por cair nessa marcha invisível, acabando por achar que a vida é somente isso.

Quando estamos num Universo ainda por ser desvendado, se é que nossa inteligência é capaz de compreender toda a complexidade e simplicidade do Todo. Talvez simplesmente não sejamos inteligentes o suficiente para dissecar o Universo.

E ainda nos preocupamos com coisas tão banais. Se nos olharmos de cima como o vídeo faz teríamos vergonha das coisas que fazemos, das que perseguimos, e das que acreditamos.

E uma coisa muito curiosa sobre vida fora da Terra é que se existe uma civilização capaz de nos observar hoje em dia, ela estará tecnologicamente algumas centenas ou milhares de anos mais avançados que nós que nos debatemos para chegar até marte ainda.

Seria imperceptível sua visita mesmo com todo nosso equipamento.

Assim como um soldado de hoje esmagaria um guerreiro da idade média, nós estamos a mercê de qualquer atividade externa apesar do que os filmes dizem, seríamos dizimados. E acredito que só vemos eles de vez em quando, se for eles mesmos, porque querem que sejam vistos, ou por que não faz nenhuma diferença pra eles serem vistos.

Ninguém tem prova concreta sobre isso, muitos dizem se comunicar com eles por imagem astral, outros falam que estão no governo dos EUA, o que não seria uma má estratégia, se aliar ao país belicamente mais forte, e outros dizem que apenas mandam mensagens nas fazendas, podem existir várias raças se comunicando com a gente ao mesmo tempo, e nem mesmo o documentário Syrius que prometeu que ia dar um basta no assunto foi um total fiasco e não declarou absolutamente nada.

Ainda há muita pesquisa a ser feita, mas não descarto essas possibilidades, e nem deveriam vocês.

E uma coisa é certa, se mostrarmos para essa hipotética Federação Galática que nossa natureza é a destruição desenfreada nunca sairemos do nosso sistema solar, seremos moscas presas numa garrafa.