Tag: vida (page 2 of 2)

Documentário: Nação Digital / Digital Nation: Life on the Virtual Frontier 2010

 

Pesquisas sobre tecnologia são sempre muito interessantes, e nesse documentário temos tantas variantes de como a tecnologia está nos afetando, os estudos das crianças estão virando jogos e mais computadorizados, o exército está usando a tecnologia para controlar aviões de longe, e recrutar jovens players de Call of Duty.

Mas uma das questões que mais me impressinou foi o mundo virtual como as pessoas criam laços no mundo virtual, como no jogo World of Warcraft, já escrevi aqui no DDD que criamos laços quando experienciamos situações fortes com outras pessoas, ou mesmo quando somos obrigados a passar muito tempo com essas pessoas, e em jogos onlines como MMORPG e Second life (que é um simulador de realidade) essas coisas acontecem e com muita frequência, talvez esse seja o principal fator para essa vontade de encontrar os amigos virtuais (orcs e elfos heheh) no mundo real, independente da idade, sexo, ou status, lá todos são iguais, com um só objetivo.

Muitos videos desse Douglas Ruchkoff podem ser achado no youtube e são muito bons. Vale a pena.

Sinopse:

Documentário que dá sequência à produção “Growing Up Online”, de 2008, que investiga como crianças e adolescentes estavam se apossando da internet, território antes voltado para os adultos.
“Nação Digital” continua a analisar a vida na fronteira virtual. Feito em colaboração com o público através de uma plataforma digital, o documentário é guiado pelo pensador da era digital Douglas Rushkoff e pela produtora Rachel Dretzin.
A dupla mostra escolas que optaram por uma educação multimídia, analisa o exemplo da Coréia do Sul, onde a revolução digital trouxe algumas consequências boas e outras muito graves, e debate a iniciativa do exército americano, que passou a utilizar aviões controlados remotamente dos EUA nas guerras no Afeganistão e Iraque.
O que significa viver no mundo digital do século 21? Quais são as implicações de viver em um mundo consumido pela tecnologia e qual é o impacto da conectividade constante para futuras gerações? Estas e outras questões são analisadas em “Nação Digital”, que entrevistou especialistas em diferentes áreas, da informática à psicologia.
Fenômenos como os jogos online, que reúnem milhares de pessoas em torno de um evento, e implicações práticas como manter a atenção de alunos nas aulas, que se distraem surfando na internet ou mandando torpedos, também são abordados no documentário.

Se Beber, Não Dirija.

São milhares os tipos de campanhas que tentam tratar de modo falho os sintômas da sociedade, mas peguei especificamente essa, pois li ela outro dia na marginal pinheiros, e ela tem tantas implicações.

Primeiro seria a base do problema de acordo com a sociedade, a bebida, ela tem vários efeitos claro (sendo uma delas a alteração de julgamento)*, mas porque no mundo isso de nada importa quando começamos?! Porque nosso julgamente já é afetado, e tudo parece ok, para muitas pessoas, até estão melhores, quem nunca ouviu aquela frase “eu dirijo melhor bêbado”, mas isso só demonstra uma clara falta de auto-conhecimento, no sentido de conhecer seus limites, e algo que eu acho ser o verdadeiro fator para isso, uma boa parte da população hoje em dia não está nem aí pra ninguém! E essa é uma realidade extremamente triste, vemos alguns tentando mudar o mundo (como nós aqui do DDD), mas outras simplesmente não foram tocados pela força da mudança, ainda vivem suas vidas determinadas por terceiros, e tem as reações também previstas pelos mesmos.

O que eu acho que leva a esse pensamento, além da sociedade capitalista que cultiva individualismo e aplaude a competição, é o distanciamento criado pela tecnologia e a sociedade trazem, em prol do sucesso devemos abandonar o nossas raízes e nos transformarmos no que chamam de “humano”, um ser plástico, inventado, algo que não conseguimos ser, pois quebramos tudo o que acreditamos com o que nos apontam como coisas importantes.

Continue reading

Leis Modernas da Vida Global




São 5 videos de 2 minutos cada que conseguem falar muito.

Documentário: A Natureza da Existência

Sinopse: Qual é a pergunta mais importante que existe? Após explorar o fenômeno dos fãs de “Jornada nas Estrelas” no aclamado documentário TREKKIES, o diretor Roger Nygard parte para “A Natureza da Existência”, viajando pelo mundo à fonte das filosofias, religiões e sistemas de crenças mundiais, entrevistando líderes espirituais, estudiosos, cientistas, artistas e outros que influenciaram, inspiraram ou chocaram a humanidade. “Fiz uma lista com as 85 perguntas mais difíceis que eu pudesse imaginar”, disse Nygard, “começando com a maior de todas, por que existimos?. “Eis mais algumas perguntas que faço no filme: qual o propósito do homem? O que deu início ao Universo? Onde estava Deus durante o Holocausto? O que é a verdade? As pessoas devem transar antes do casamento? Qual a melhor forma de encontrar a felicidade? Onde fica o paraíso? De onde vêm as vozes da minha cabeça?” Como você as responderia? Qual viagem é mais importante que aquela que nos leva mais perto de encontrar o sentido de nossa existência?

Para baixar clique aqui. Já com legenda.

Obs: Achei o documentário muito bom, mostra vários pontos de vistas de cientistas, espiritualista e reiligiosos, mas infelizmente não se tenta chegar a algo, como a maioria dos documentários de hoje em dia, apenas se aborda o assunto sem tentar chegar a algum lugar, mas gostei bastante dele. Graças a esse documentário resolvi começar a escrever o argumento de um do mesmo tema, mas tentando explicar as faces de deus, não apenas pegando opiniões, mas construindo o que seria Deus a partir de várias visões e estudos sobre o assunto.

Documentário: Vida Após a Vida

ascent-of-the-blessed-1686-mid

Este vídeo foi elaborado com os 6 maiores/melhores casos de EQM (EXPERIÊNCIA DE QUASE-MORTE)
Conheça este vídeo e saiba se há realmente vida após a morte.
paz!
“Excelente documentário científico, lançado no Brasil em 1995, baseado no livro Life After Life (Vida Depois da Vida), best-seller mundial, com mais de sete milhões de exemplares vendidos, de autoria do psiquiatra norte-americano Dr. Raymond A. Moody Jr. (Ver “Visões da Vida Depois da Morte”, Anuário Espírita 1993, pp. 221/230). E é o próprio Dr.. Raymond que apresenta, neste vídeo, seus comentários e entrevistas com seis pessoas que sobreviveram à morte clínica e trouxeram extraordinárias experiências do “outro lado” da vida.
Antes da apresentação do filme, é feita esta importante observação: “As histórias que você vai ouvir são narradas por aqueles que realmente as vivenciaram. Não são dramatizações, mais seis relatos autênticos tirados dos dois mil casos estudados sobre a experiência da semimorte.”

Nota do Destruidor de Dogmas: Para melhor compreendermos essa fenômeno que ocorre com frequência, mas poucas pessoas acreditam por ser algo apenas auto-experimentado, tudo em terceira pessoa parece duvidoso. Mas agora imagine, foram algumas milhares de pessoas que voltaram desse tunel, muito pouco ao ponto de vista mundial, imagine quantas não seguiram até o final.
E esse documentário confirma que temos nossas consciências conectadas umas com as outras, mas mais conectadas com aquelas que temos mais contato/afinidade, aquelas que pensam na gente, e que um pequeno ato para você tem um valor inestimável para a pessoa que o recebe, portanto, não se menospreze.

Queime Sua Chama!

450528

A vida é que nem uma vela na janela,
a qualquer momento o vento pode bater e apagá-la,
as vezes a pessoa prefere concentrar sua chama pra

queimar devagar e durar muito tempo,
mas de tão concentrada ela fica pequena

e pode ser mais facilmente apagada,
mas também existem as pessoas

que queimam sua chama com toda a força,
e intensidade acaba mostrando sua luz pra todos

a seu redor podendo as vezes apagar,
mas com certeza qndo isso acontecer é porque a vela acabou…
não porque teve medo de queimar ou iluminar…

Como você queima sua vela ???
Como você vive sua vida ?

texto de 2005

Newer posts