Tag: ultrapassado

Vale ainda rever a história do século XXI?

Esta semana estou preparando uma aula, e resolvi fazer uma retomada sobre o século XX. Fiz-me uma pergunta: Ainda é válido retomar com as pessoas nossa história. A cada dia que passa, só faz me confirmar que sim, necessitamos sempre insistir na reflexão de nossa história. Por exemplo, qual foi a novidade das revoltas de Junho no Brasil? Quem poderia pensar nisso, sem comparar (semelhanças mas principalmente as diferenças) tais revoltas com outros momentos de nossa história, como as revoltas de 1968?

Para quem está cansado das velhas interpretações de nossa história, relanço aqui o documentário “Nós que aqui estamos por vós esperamos”, do diretor Marcelo Masagão, com a brilhante trilha sonora  de Wim Mertens. Revi este documentário, e percebi que ele continua atual. Vale a pena ver.

Estamos atrás da Tecnologia Ainda

Vejo que a tecnologia muitas vezes é usada de forma errada, principalmente aquela que usamos todos os dias, como ipads, videogames, dvd portáteis.

Existe uma característica nesse tipo de tecnologia quando se é lançado, é uma ordem de reações sobre ela. Quando o ipad foi lançado, muitas pessoas compraram, mesmo quem não usasse nada nele, estão dando para crianças, e fazendo elas esquecerem  o significado de brincar e usar a imaginação para criar aventuras imaginárias, ou mesmo jogar algo no mundo real, lá fora. Exemplo.

E estamos passando por essa fase agora, a da introdução da tecnologia no dia-a-dia das pessoas, uma fase única na história da humanidade. Mas infelizmente não estamos sabendo domar ela, aliás, não se vê motivo para isso, pois as empresas lucram em cima da venda e não do quão eficiente o consumidor pode ser com o produto que adquiriu, e isso me causa certo medo, pois utilizamos além da necessidade a maioria das tecnologia adquirida nas últimas décadas, e isso nos faz perceber que, como diria o mestre Gonzalo Ferreyra: “o ser humano está numa época de se reconstruir”, e isso com certeza é verdade, podemos ver o como vivíamos a 100, 50, 20, ou mesmo 5 anos atrás, as coisas mudaram demais, e isso afeta o funcionamento de nosso cérebro, consequentemente nosso comportamento.

Continue reading

Facebook