Tag: sustentável

É possível captar energia das Ondas do mar, conheça a maior usina da América Latina no Ceará

Com orçamento estimado em R$ 18 milhões, o projeto já gera energia em modo experimental na região

Considerado uma fonte estratégica para todo o mundo e, principalmente, para o Brasil, o mar vem chamando a atenção de especialistas em energia, que já testam e implantam algumas alternativas de geração, como a usina de ondas.

Localizada no quebra-mar do Porto de Pecém, a 60km de Fortaleza, a usina de ondas é a primeira na América Latina responsável pela geração de energia elétrica por meio do movimento das ondas do mar. Com tecnologia 100% nacional, a estimativa é de que o equipamento de baixo impacto ambiental esteja completamente pronto para funcionar até o ano de 2020.

O projeto dos pesquisadores da Coordenação dos Programas de Pós-Graduação de Engenharia (COPPE), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), é financiado pela Tractebel Energia, dentro do programa de P&D da Aneel, e conta com apoio do Governo do Estado do Ceará. O custo estimado é de R$ 18 milhões.

Deverão ser gerados 100 quilowatts (KW) para o abastecimento de energia do principal porto cearense. Ou seja, é possível abastecer cerca de 60 famílias.

Entenda o funcionamento

A Usina de Ondas traz como principal inovação a construção em módulos, o que permite a ampliação da capacidade.

Cada módulo é formado por um flutuador, um braço mecânico e uma bomba conectada a um circuito de água doce. A medida que as ondas passam, os flutuadores sobem e descem, o que aciona bombas hidráulicas, que fazem com que a água doce contida em um circuito fechado, no qual não há troca de líquido com o ambiente, circule em um local de alta pressão.

Essa água que sofre grande pressão vai para um acumulador, que tem água e ar comprimidos em uma câmara hiperbárica. Além das ondas, o mar oferece a possibilidade de geração de energia impulsionada pela movimentação das marés. De acordo com estudos, o Brasil tem condições de explorar todas essas fontes.

Estima-se que os 8 mil quilômetros de extensão litoral no Brasil podem receber usinas de ondas suficientes para gerar 87 gigawatts. Desse total, 20% seriam convertidos em energia elétrica, o que equivale a aproximadamente 17% da capacidade total instalada no País.

Confira o vídeo do projeto, divulgado pela Coppe UFRJ:

Essa Cidade Quer Ficar Sem Carro Nenhum em 20 anos

Viver nesta época é um momento emocionante . Os avanços tecnológicos têm acelerado a comunicação ao redor do mundo , e de fato, um deslocamento de recursos para alternativas mais sustentáveis ​​continua a ser implementadas em um ritmo crescente . Quem diria que trinta ou até mesmo 50 anos atrás que os carros sairiam tão rapidamente de moda , em favor de modos alternativos de transporte mais sustentáveis ​​?

No entanto, é exatamente isso que está acontecendo na cidade alemã de Hamburgo. O conselho da cidade divulgou recentemente que tem planos para desviar a maior parte de seus carros das principais vias da cidade em 20 anos . A fim criar o que um dia vai ser uma grande rede verde, as autoridades locais estão se conectar pedonais e ciclo vias , o que é esperado para suavizar interior da cidade o fluxo de tráfego .

Ao todo, a cidade mais setentrional está planejando para expor novas áreas verdes que vai colmatar parques existentes, hortas comunitárias , e cemitérios com outro . O objetivo é reunir as saias exteriores de Hamburgo e permitir que os pedestres e ciclistas para chegar a todas as áreas da cidade a pé.

Continue reading

Documentário: Guerreiro do Lixo – Casas Susntetáveis

(EUA, 2008, 78min. – Direção: Oliver Hodge)
A forma interessante como Mike Reynolds e outras pessoas excêntricas construiram sozinhos sua comunidade no deserto pode ter ser vista como algo nada sério ou até mesmo grostesco por algumas pessoas. Mas, por menos comum que seja, não podemos deixar de ver a seriedade de como encara certas questões ambientais e energéticas aplicadas aos seus projetos.
Casas com enorme conforto térmico nos dias quentes, sem ar-condicionado e sem calefação durante o inverno intenso e congelante, autosuficientes em energia, água, tratamento de esgoto e alimentos podem nos mostrar uma nova perspectiva em como encarar a arquitetura e o urbanismo.
O filme é um excelente meio para se ver como certas leis e normas não servem simplesmente para nada a não ser complicar a vida…
Vivemos num sistema pouco eficiente.
(Comentários: Docverdade)

Opções de Download:
Megaupload
ou
Torrent TPB

legendas pt-br

Hearst Tower: O Primeiro Arranha-Céu Verde de Nova York

hearst tower arquitetura sustentavel green building new york

O nome desta torre vem do magnata da imprensa William R. Hearst, fundador da Hearst Corporation. A antiga sede de sua empresa era um edifício Art Deco de 1928, projetado pelo arquiteto Joseph Urban, situado próximo ao Columbus Circle. Hearst já visualizava o edifício Art Deco como pedestal de outro ainda maior, que no entanto não chegou a ser construído durante a sua vida.

Quase 80 anos depois, o novo edifício surgiu. O projeto do arranha-céus deveria estabelecer um diálogo perfeito entre o novo e o velho, como no British Museum, em Londres, e no Reichstag, em Berlim, ambos do arquiteto britânico Norman Foster. E foi ele, juntamente com Adamson Associates, quem assinou a Hearst Tower.

Todo o miolo do edifício Art Deco foi demolido, restando apenas as paredes das fachadas externas, que passaram a servir de vedação para o grande lobby do novo prédio. O edifício antigo foi ligado ao novo por painéis de vidro que inundam de luz natural os espaços internos, gerando uma leveza visual e a impressão de que o arranha-céus flutua.

A Hearst Tower definitivamente não é um arranha-céus convencional. Sua estrutura é composta por um sistema denominado diagrid, palavra da língua inglesa composta pela junção de duas outras: grade e diagonal. Esse sistema estrutural é uma malha diagonal de alta eficiência em termos de peso, pois necessita de aproximadamente 20% menos de aço do que uma armação estrutural convencional. Tal permitiu uma economia de aproximadamente 2000 toneladas do material.

Continue reading

Documentário: Zeitgeist Moving Foward Legendado

Fico muito feliz quando o que divulgo e escrevo aqui coincide bastante com documentários ou pensamentos de pessoas que querem achar soluções para o mundo, esse é um documentário que nós que procuramos mudanças devemos apoiar. E vou escrever um pouco sobre o que Peter Joseph fala nele.

Quanto mais automotizado o trabalho, menos trabalhadores se terá, quanto menos trabalhadores menos poder de comprar o povo terá, quanto menos dinheiro circular, menor a economia vai crescer. Economia essa baseada em ineficiência, pois quanto problemas a sociedade tiver, quanto mais doenças durarem, quanto mais miserável for sua vida, mais é possível tirar lucro disso. Mas isso tem um limite. Quando as bases da nossa sociedade se esgotarem ou alcaçarem um limite inaceitável de pobreza em massa e consequentemente fome, ele irá colapsar.  Pois não haverá mais um ciclo, o 1% da população que retém 40% das riquesas não conseguiram sozinhos fazer a economia mundial girar, pois volto a dizer, a economia só gira através de falhas, problemas e produtos que não duram, e esse 1% da população não é tocado pela economia que afeta a classe média e baixa, portanto eles mesmos não poderam mais lucrar, dando assim o começo da era do fim do dinheiro.

Epigenético: Uma família tem histórico de doenças, como câncer ou doenças do coração, e as pessoas julgam ser genético tal disposição à doença, mas na verdade poucas pessoas realmente tem o gene da pré-disposição da doença, e dessas pessoas poucas realmente teriam a chance de ter a doença, mas não é o que acontece hoje em dia. O que nos leva  a crer que na verdade na verdade não é gene que é determinante, e sim o ambiente e o modo como vivememos, pois se uma família vive comendo as mesmas coisas e passando por mais ou menos as mesmas experiências, logo devemos ver o porque o ambiente nos trás tais malefícios. Em um estudo demonstrado no filme do Zeitgeist fala-se que na verdade nosso DNA é moldável de acordo com o nosso ambiente, tal efeito é chamado epigenético, e que o paradigma de hoje está errado, pois tratamos o DNA como fonte de tudo para o nosso corpo, mas sabendo-se que ele é moldável a partir de experiência, como a violência por exemplo, que é ativada através de uma experiência da infância muito negativa. Deve-se mudar o paradigma de tratamento de doenças e prevenções a partir dessa descoberta.

Uma Ecônomia onde se leva em consideração o verdadeiro e original sentido da palavra Economizar, pensar com cuidado como usar, onde usar, de que maneira distribuir, e como equilibrar nossos recursos naturais. É com certeza a forma mais inteligente de se construir uma cidade e viver nela, considerando a evolução tecnológica como um dos fatores principais se não o mais importante desse novo tipo de sociedade, uma baseada em eficiência e igualdade, não em ineficiência e lucro que é o que acontece hoje, gerando apenas sofrimento para a grande parte do mundo.

Espero que vejam os outros filmes e as dicas de posts que deixei abaixo, qualquer dúvida vocês podem comentar aqui, me mandar email ou mesmo entrar no site oficial do zeitgeist que tem um FAQ bem completo lá.

Para BAIXAR o filme em torrent CLIQUE AQUI. Para Legenda entre no site Legenda.tv ou clique aqui.

O torrent em formato ISO e padrão NTSC está disponível aqui: http://thezeitgeistmovement.com/Zeitgeist.Moving.Forward.2011.NTSC.DVDR-VODO.torrent

Posts Relacionados:

Vênus Project:
Video Explicativo do Projeto Vênus
Documentário: Futuro Pelo Design

Tudo Sobre Jacque Fresco e o Projeto Venus
Quietude = Estagnação?
A Sociedade Perfeita

Zeitgeist Movement:
Filme: Awakening

Sinopse do ZeitGeist Movement
Filme: ZeitGeist
Filme: Zeitgeist Adeddum

Reserva Federal:
Explicando o Sitema da Reserva Federal

Epigenético:
Cientista Genético do Futuro
Documentário: Gerson’s Miracle

Facebook