Tag: sabedoria

O conto japonês sobre conhecer a si mesmo

Um guerreiro samurai, conta uma velha história japonesa, certa vez desafiou um mestre Zen a explicar os conceitos de céu e inferno. Mas o monge respondeu-lhe com desprezo:

– Não passas de um bruto… não vou despediçar meu tempo com gente da tua laia!

Atacado na própria honra, o samurai teve um acesso de fúria e, sacando a espada da bainha, berrou:

– Eu poderia te matar por tua impertinência.

– Isso – respondeu calmamento o monge – é o inferno.

Espantado por reconhecer como verdadeiro oque o mestre dizia acerca da cólera que o dominara, o samurai acalmou-se, embainhou a espada e fez uma mesura, agradecendo a revelação.

– E isso – disse o monge – é o céu.

______________________________________________________________________________________

A súbita consciência do samurai sobre o seu estado de agitação ilustra a crucial diferença entre alguém possuído por um sentimento e tomar consciência de que está sendo arrebatado por ele. A recomendação de Sócrates“conhece-te a ti mesmo” – é a pedra de toque de inteligência emocional: a consciência de nossos sentimentos no moment oexato em que eles ocorrem.

Os sentimentos podem parecer óbvios para todos nós, todos sabemos quais são eles, mas quando somos tomados por eles perdemos o nosso jeito de pensar automaticamente, por mais que pensemos que temos controle da situação, com a poluição de algum sentimento temos nossos atitudes sujeitas para o bem e para o mal. E quando simplesmente entramos em fúria completa e muito as vezes até esquecemos o que aconteceu, essa situação é chamada de “Sequestro emocional”.

Para ilustrar bem essa situação de influência da emoção sutil, posso citar uma experiência feita nos EUA em que antes de fazer uma prova os alunos tinham que anotar de que raça/cor eram, e isso influenciou negativamente todos os negros da sala.

Outro caso também é o que um professor falou para metade da sala que tinha certeza que eles iriam bem na prova, mas essa metade era aleatória, e foi possível observar que essa metade realmente foi boa e o resto que ouviu que seria pior realmente foi.

São pequenas coisas mas que influênciam nosso pensamento e nossas decisões.

Outro caso para finalizar, é o que antes de fazer um teste algumas pessoas viram um filme de terror e outras pessoas viram um filme de ação ou de aventura, que tenha um final feliz, e pode-se observar a influência que algo tão pequeno tem no resultado de um teste.

Para se conhecer é preciso observar, e não só a nós mesmos, mas os outros também, tentar achar soluções melhores e deixar de viver no automático, pois quem vive sem refletir vai repetir os mesmos erros e não vai saber o porquê de estar tudo errado, na maioria das vezes a culpa é nossa, até nos casos que não fazemos nada.

Escolas de auto-conhecimento e espiritualidade em SP e RJ

ippb-brasil-epiritualidade-projecao

www.ippb.org.br

Vou fazer um curso lá essa semana sobre projeção astral, ainda não tinha feito nada nesse lugar, mas conheço alguns profissionais de lá pela internet e posso dizer que são muito sérios, depois conto como foi.
ATUALIZADO: Fui lá e foi bem legal, o Wagner Moura com certeza sabe bastante e vai resolver muitas dúvidas sobre viagem astral, infelizmente são apenas duas aulas a primeira parte com o valor de 210 reais, e ainda vão ter 3 fases se não me engano.

 nova-acropole-filosofia-espiritualidade

http://nova-acropole.org.br/

Esse lugar é sensacional, tem uma filosofia linda por trás, já fiz um curso de filosofia lá, e comecei um de auto-conhecimento muito bom pra quem está querendo buscar mais e mais informação para crescer. Nesse lugar ainda há o curso de artes-marciais e de lutas com espadas (Kenjutsu e Iaijutsu), e existem várias em várias cidades.

 

Screen Shot 07-08-15 at 12.15 PM 002

http://www.portalmonroebrasil.com/

Apesar do site ter site dos anos 90 o lugar é muito bom, ainda não fiz o curso, pois perdi a data esse ano, mas ano que vem faço o de projeção astral. Esse é o único lugar no brasil a passar o conhecimento do Instituto Monroe. Para ver um vídeo bem informativo da Débora Sachs no Jô Soares clique aqui.

Você já deve ter visto esse adesido em vários carros, mas como eu pensou que era uma campaha a favor da vida no trânsito, felizmente não é isso. É uma escola anímica, de animus, alma, ou seja, ela ensina você a desenvolver as características da alma, como projeção astral, clarividência (visão de outro lugar independente do tempo), e a telepatia. Ainda não conheço muito, mas com certeza farei um curso lá. O curso inicial é de 7 dias seguidos e custa 600 reais.

Screen Shot 07-08-15 at 12.16 PM

http://www.ieesp.org.br/cursos.htm

Conheci esses dias esse lugar, ainda não sei muito sobre ele, mas é focado no espiritismo.

Screen Shot 07-08-15 at 12.15 PM 001

http://www.conscienciacosmica.com.br

Esse é um lugar onde há várias cursos de muitos assuntos, conheci sem querer na Fnac.

Screen Shot 07-08-15 at 12.16 PM 002

http://www.amorc.org.br/

Uma ordem antiguissima, muito parecida com a Maçonaria.

Frases 2014

shaolin-monk-training-1320987604-2185

Quando a violência perde seu poder corretor e gera mais violência, ai sabemos que somos capazes de aprender de outras maneiras estamos preparados

Não existe porta que se abre melhor do que aquela que já está aberta.

O passado é uma historia que contamos a nós mesmos, mas demoramos pra aprendê-la.

Cair não é vergonhoso, vergonhoso é nunca reconhecer a força da gravidade.

O diabo não entra pela janela.

A distância as vezes é o melhor remédio, e as más escolhas o melhor anestésico.

A pessoa que pensa que se abrir é tolice nunca olhou dentro de si.

A Criatividade não é uma epifania, mas sim a arte de construir, planejar e conectar.

Quando se entorpecer se torna o único objetivo da vida não é de se surpreender que aproveitá-­la se tornaria difícil.

Diariamente as pessoas se perguntam porque a humanidade comete os mmesmo erros, e a conclusão que cheguei é: porque as vezes pessoas precisam cometer o seus próprios erros.

Só quando soubermos de outras vidas em outros planetas que começaremos a ter o mesmo sentimentos que temos pelo nosso país e nossa casa com o nosso planeta.

Na sua Jornada não é preciso um mestre para começar, é preciso um aluno.

Somos tele espectadores sem TV.

As pessoas freqüentemente confundem estar ocupadas com falta de disposição.

Conhecer pessoas é o ato de conhecer a si mesmo através dos outros.

Não é difícil ser gentil, isso é óbvio, difícil é acreditar que ninguém o é.

Críticas e implicâncias de gente ignorante e infantil é igual jogar uma pedra numa montanha, não faz diferença nenhum, a não ser aumentar a própria montanha.

Cansado de olhar para o céu a procura dos deuses das estrelas, o homem antigo resolveu gravar sua marca eterna de forma colossal, para que todo ser que olhe de novo para o céu e o horizonte não importando quão distante do reino possa ver sua tentativa de se endeusar, através das pirâmides, suas montanhas artificiais.

Não importa se você nunca fez isso na sua vida, faça com confiança e agilidade, aplicando a experiência do segundo anterior no agora, e resolvendo as novas dificuldades em tempo real. Esse é o pensamento certo.

Quem se ilude geralmente é porque não tem controle sobre oo que se ilude, acabando assim deixando ao acaso e ao imaginário a função de segundo messias.

Escrever um texto é como um debate, mas com a chance de pensar duas vezes.

Não há dom que supere a disposição.

O ser de consciência implica uma mudança.

Uma pessoa ruim só quer uma vantagem para ser pior ainda, pois é o único caminho que conhece, o dele mesmo.

A maioria das mudanças não são revoluções.

A vida não acontece sem movimento.

Os Inimigos do Homem de Conhecimento 2 – Medo, Clareza e Poder.

Medo, Clareza e Poder.

Realmente, podemos dividir as pessoas assim, o seu verdadeiro ser vai estar em um desses estágios (veja o post anterior), pois todos somos Homens de Conhecimento, todos nascemos para descobrir e crescer, mas nas primeiras duas décadas de nossas vidas, nos ensinam o contrário.

Ao começar a aprender, e a seguir no caminho do Homem de Conhecimento as pessoas sentem que estudar não lhe traz aquilo que ele sentia que ia trazer, ele se sente diferente, a maioria das pessoas desmotivadas, outras evitam ir ao encontro do conhecimento, pois isso pode levar ele a auto-reflexão, e nesse mundo cheio de imperativos, o ser com dúvida é mastigado  e engolido pelos dentes do capitalismo e os caninos do mercado. Refletir é se deixar transparente um instante para poder ver melhor dentro do caleidoscópio pessoal, tarefa difícil…

Mas para derrotar O Medo há apenas um processo.

“- Isso acontece de uma vez, Dom Juan, ou aos poucos?

– Acontece aos poucos e no entanto o medo é vencido da repente e depressa.

– Mas o homem não terá medo outra vez, se lhe acontecer alguma coisa nova?

Continue reading

Colisão, um evento Humano

Se esses animais “colidissem”, eles seriam exterminados a muito tempo ou estariam a caminho disso.

Nós, estamos a caminho disso.

Podemos observar na sociedade que não estamos em sincronia com o mundo e nem com os elementos que a compõe, e se pararmos alguns segundos para pensar no assunto conseguimos ver claramente as coisas que incomodam, e o quais são os valores impostos por ela, e claro, nós sabemos de todos eles, mas nos deixamos ser engolidos por eles muitas vezes, apesar de termos consciência deles.

Podemos citar aqui o tanto que há dilemas morais em histórias contadas hoje em dia em séries, filmes, livros, posso citar aqui um dilema da história Os Substitutos, quadrinho e filme, no final nosso herói fica na dúvida se deve destruir todos os robôs para as pessoas começarem a viver suas vidas naturalmente denovo ou continuar com esse rumo que a sociedade tomou, que parece tão doente quanto a nossa hoje em dia.

Deixamos de ser um organismo gigante, pois valorizamos coisas individuais, solitárias, andamos em grupo pensando em nós mesmos apenas, para a maioria no final o grupo não importa mais que você. Esse sentimento só é desperto na gente em horas específicas, mas sempre está lá, e só o nosso conjunto de valores irá determinar se agiremos por nós mesmos, ou pelo grupo inteiro.

Veja a forma como olhamos esses videos, achamos isso impossível, improvável, estonteante, pois não conseguimos conceber a idéia deles (os animais) todos juntos andando num ritmo harmonioso e beirando o caos algumas vezes, mas mesmo assim tudo se encaixando, ninguém esbarrando nos outros, atropelando os outros, e pensando “cada um por si, valorizo minha vida mais que a dos outros”, é algo incrível o que conseguimos ver na natureza, algo tão sutil que mostra uma colossal falha no nosso modo de pensar.

Continue reading

Estamos atrás da Tecnologia Ainda

Vejo que a tecnologia muitas vezes é usada de forma errada, principalmente aquela que usamos todos os dias, como ipads, videogames, dvd portáteis.

Existe uma característica nesse tipo de tecnologia quando se é lançado, é uma ordem de reações sobre ela. Quando o ipad foi lançado, muitas pessoas compraram, mesmo quem não usasse nada nele, estão dando para crianças, e fazendo elas esquecerem  o significado de brincar e usar a imaginação para criar aventuras imaginárias, ou mesmo jogar algo no mundo real, lá fora. Exemplo.

E estamos passando por essa fase agora, a da introdução da tecnologia no dia-a-dia das pessoas, uma fase única na história da humanidade. Mas infelizmente não estamos sabendo domar ela, aliás, não se vê motivo para isso, pois as empresas lucram em cima da venda e não do quão eficiente o consumidor pode ser com o produto que adquiriu, e isso me causa certo medo, pois utilizamos além da necessidade a maioria das tecnologia adquirida nas últimas décadas, e isso nos faz perceber que, como diria o mestre Gonzalo Ferreyra: “o ser humano está numa época de se reconstruir”, e isso com certeza é verdade, podemos ver o como vivíamos a 100, 50, 20, ou mesmo 5 anos atrás, as coisas mudaram demais, e isso afeta o funcionamento de nosso cérebro, consequentemente nosso comportamento.

Continue reading

Destruidor de Dogmas no Facebook

Pra quem não sabe o Destruidor de Dogmas está no Facebook, criamos uma página lá faz um mês para divulgarmos os posts e principalmente as imagens da parte Verdade Conveniente do site, que tem o formato que o facebook mais responde.

Peço para que todos Curtem a página para conseguirmos atingir o maior número de pessoas com o site, e com as informações e reflexões que saem dele, logo mais estaremos criando ações conjuntas com algumas ongs, vendendo camisetas com as idéias que divulgamos aqui, e fazendo videos, intervenções e campanhas publicitárias, mas tudo isso está muito verde ainda, mas já começamos esse trabalho de conscientizar os outros e estamos tendo ótimas respostas.

Espero que todos os leitores possam divulgar o que falamos para quem está aberto a escutar novas idéias, e que convidem gente lá na página do facebook para podemos continuar o trabalho que já tem um pouco mais de 2 anos de vida.

Muito mais do que dar informação e reflexão, queremos criar a cultura de que tudo isso pode ser usado em nossas vidas, a sabedoria tem que ser prática.

Entrevista: Robert Happé – Consciência é a Resposta


Parte 2
Parte 3
Parte 4

Uma Chuva Torrencial de Sabedoria, fico muito feliz quando vejo que existem pessoas que pensam exatamente como eu, esse video eu tinha colocado como referência em outro post, mas de tão bom resolvi dar a devida importância/destaque a ele.

 

A Mão, O Lápis, as Rimas…

E você, caro leitor.

Esses são os principais fatores de uma comunicação/compreensão, é a pessoa que escreve, com o que escreve, como escreve e como é rebido pelas pessoas.

É preciso ter conhecimento desse processo, pois faz parte de um aprendizado, muitas pessoas já devem ter conhecido aquela pessoa que já leu de tudo, livros teóricos, romances e de história, mas infelizmente essa pessoa não tem a competência/consciência de conseguir usar essa informação que seja de agrado para as pessoas ou de utilidade, essa pessoa passou, mas não intencionalmente muitas vezes, atropelando uma ordem e uma valorização do comportamento antes da informação.

Como disse Charlie Chaplin:

“Mais do que máquinas, nós precisamos de humanidade…”

“Mais do que inteligência, nós precisamos de carinho e compreensão.”

É urgente uma preparação/amadurecimento pessoal para recebermos certos tipo ou quantias de informação, muitas pessoas se desesperam ou começam a agir inadequadamente quando isso acontece, é normal. O ser humano é muito fraco hoje em dia, pos há uma distorção do que se deve ser valorizado na vida, e isso gera uma confusão e muitas vezes isso é levado de forma “infantil” adiante.

A maioria das pessoas tem certas informações/apredizado úteis, mas não tem a sabedoria de utilizá-las, e outras não tem, mas se vem em situação de utilizar o pouco que tem, mas acabam por atrapalhar a sociedade.

Vemos um exempo perfeito disso no governo brasileiro, as pessoas que lá estão não estão a se preocupar com o bem estar do povo em sua grande maioria, estão lá pelo poder, pelo status, e esse posto dado a pessoas não preparadas mentalmente acaba por anular qualquer tentativa de melhoramento do país. Não adianta colocar pessoas famosas no poder, colocar médicos ou outras funções, mas sim pessoas que tenham um perfil psicológico que saiba tomar a decisão certa de forma a beneficiar a maioria, não simplesmente que nem acontece hoje que apenas assinam papéis sem ao menos ver o que está escrito como mostra o programa de número 100 do CQC.

Muito antigamente eram as pessoas mais velhas que gerenciavam a vila ou cidade, pois não existia uma distorção dos valores, as pessoas valorizavam muita mais a experiência do que simplesmente a leitura de livros.

Até quando vamos nos separar das outras pessoas?

Como na metáfora de Nietzsche:

Os porcos-espinho têm um sério problema: eles se sentem solitários e isolados e querem muito se aproximar uns dos outros. Entretanto, toda vez que tentam, acabam se machucando por causa de suas defesas – os espinhos – e isso lhes causa uma intensa frustração, uma frustração que muitas vezes lhes parece pior que a solidão. Cansados de se machucar, os porcos-espinho reforçam suas defesas eriçando ainda mais seus pêlos pontiagudos, ou desistem de se aproximar. Alguns chegam a convencer a si mesmos que é melhor ficar longe dos outros.

Mas claro, nós não somos porcos espinhos, escolhemos ter espinhos em vez simplesmente aceitar o outro, há um medo das reações, é como se ao pressentir a presença de alguém se aproximando o porco-espinho vai lentamente subindo seus espinhos para se proteger de algo.

Deixe-me expressar uma finalização em forma de conto:

Era um dia de sol, e os jovens estavam prestes a sair da sala de aula.
Victor chegou para Caio no final da aula e falou que ia passar a noite decorando as fórmulas de geometria, triângulo para ser preciso, para a prova de amanhã, Caio falou que ia apenas ver tevê, pois ia passar  um filme que ele gostava, Victor preocupado com o amigo chamou-o para estudar junto, mas Caio não deu muita importância e se despediu de Victor. No dia seguinte 30 minutos depois de ter começado a prova Caio entrega ela e Victor cansado por não ter durmido muito esta noite levanta a cabeça e pensa que Caio deve ter deixado muitas questões em branco para entregar tão rápido, e ele termina a prova 40 minutos depois de seu amigo. Caio chega em Victor e pergunta – E aí foi bem? – Victor responde que sim, mas não conseguiu fazer uma, e uma achou que tinha errado, e perguntou a seu amigo se ele tinha ido bem, ele respondeu que sim, fez todas e acha que tirou 10, Victor assuntado pergunta – Como assim? Você nem decorou as fórmulas para a prova!!! – E ele responde – Mas eu consegui entender como
Pitágoras pensou para chegar na fórmula.

A pessoa que só tem informação só consegue fazer aquilo que lhe é ensinada, a que tem sabedoria muito mais.

Chalie Chaplin Diz:

“Nós desenvolvemos a velocidade, mas nos fechamos em nós mesmo…”

“…Máquinas que nos dão abundância, nos deixaram em necessidade…”

“…Nosso Conhecimento nos fez cínicos, nossa inteligência nos fez cruéis e severos…”

“…Nós pensamos muito e sentimos pouco…”

Fonte: Filme “O Grande Ditador” – altamente recomendado.

Post semelhante: O Conto dos Três Ignorantes

Documentário: O Símbolo Secreto Perdido e as Escolas do Mistério ( Pirâmide, Sol, Phi e a Tecnologia Inversa)

Parte 2
Parte 3
Parte 4
Parte 5
Parte 6

Vida e obra do Homem que disse que dominava a levitação de pedras.

Edward Leedskalnin (1887 – 1951), provou esse conhecimento construindo um castelo chamado Coral Castle, que é no mínimo muito estranho, e com certeza indica as mesmas dúvidas que temos quando vemos as pirâmides, tiahuanaco, ou Cuzco, “como conseguiram colocar aquelas pedras lá?”.

Parece que o segredo estava implantado em simbolos religiosos, como já disse Nassim Haramein em sua Palestra

Edward deixa uma pista de como fazer a levitação em uma pedra com o formato parecido com uma estrela de David, e nela está escrito:
Adm 10 ¢.
Drop Bellow

e um código de números:
7 129
6 105 195

Puis eles separados, mas estão juntos na pista deixada por Edward.

E a partir daí surge um calculo bem complicado, mas se prestar atenção dá pra entender no video.

Se tudo isso der no que parece dar, então devemos rever nossos conceitos matemáticos mais do que já prescisávamos, eu mesmo pensava que número primo não passava de um tipo de qualificação apenas pra certos números, e na verdade é muito mais que isso.

“É simples, basta saber como” Edward Leedskalnin

Site oficial: http://www.code144.com/

Para ver Fotos do Coral Castle clique aqui
Para ver Foto da Flywheel clique aqui.
Para ver Videos do Coral Castle clique aqui.

Links Relacionados:
Documentário: O Olho de Hórus.
Como se construiram as Pirâmides?

Facebook