Tag: robô

Por que trabalhar é sofrido? Existe solução?

A palavra trabalho tem origem no latim tripalium, que significa “três madeiras” e era o nome dado a um instrumento de tortura constituído por três estacas de madeira afiadas.

Na Europa antiga, escravos e pessoas que não podiam pagar impostos eram torturados no tripalium. Assim, a palavra trabalhar
significava “ser torturado”.

A ideia de trabalho como tortura acabou sendo estendida para além do tripalium: a atividade física exaustiva de camponeses, artesãos e construtores era vista como torturante. O termo passou para o francês travailler, que significa “sentir dor” ou “sofrer” e, com o passar do tempo, o sentido da palavra passou a ser “realizar uma atividade exaustiva, dura”.

De acordo com o autor do livro ‘Sapiens’, gastávamos muito menos energia e vivíamos muito mais livremente quando éramos coletores-caçadores. A ideia de que plantar era um avanço acabou nos dando ainda mais trabalho – e não iríamos obter energia suficiente para repor esse desgaste. Isso foi evoluindo até os dias de hoje. Cada vez trabalhamos mais, por menos.

Em algumas civilizações, porém, foi possível não trabalhar – e, por isso, muitas delas floresceram.

Platão: “o cidadão deveria ser poupado do trabalho”

Aristóteles refere-se ao trabalho como atividade inferior que impedia as pessoas de terem virtude. Era algo degradante, inferior e desgastante.

Claro que eles viviam em uma era em que havia outro tipo de trabalho, o escravo, e quando você tem pessoas para fazer o trabalho braçal por você, você vai fazer coisas que te preenchem a alma, como a filosofia, artes, ou qualquer outra coisa.

No futuro próximo, a automação vai nos possibilitar não fazer o trabalho braçal, mas ainda não se sabe se ganharíamos ou não com isso, pois pensadores precisam trabalhar também, pelo menos alguns poucos, como Spinoza. Ele trabalhava com lentes e óculos. Já muitos outros nunca sentiram uma gota de suor pingando.

No futuro, teremos outro foco: não esse que simula a selva na cidade, que precisamos sofrer com o trabalho para sobreviver. No futuro, criaremos. A criatividade será nossa maior arma e maior valor.

Resta saber quão bem e quão rápido os governos mundiais perceberão isso.

Pois muita gente já está chegando a exaustão já, ou adquirindo a chamada síndrome de burnout, um sinal da escravidão moderna.

Mas a geração humanware já está chegando.

Vídeo: Robôs merecem direitos? E se tiverem consciência?

Continue reading

10 Poderes que Você Pode Ganhar Com Implantes no Cérebro

http://www.businessinsider.com/10-brain-implant-superpowers-2014-5

Um minúsculo chip de computador embutido cirurgicamente em seu cérebro poderia lhe dar superpoderes. Parece loucura , mas os cientistas já usam esses dispositivos para restaurar a visão para algumas pessoas cegas e audição para o surdo.
No futuro estes implantes também conhecido como neuroprosthetics serão capazes de fazer muito mais, como no caso de olhos ou ouvidos implantes super- sensíveis, usando sinais eletrônicos para estimular partes do cérebro , esses chips podem agora fornecer sinais visuais e auditivos e restaurar conexões que foram cortados por trauma. Uma vez que nossa compreensão do cérebro melhorou, pesquisadores prevêem uma melhora na velocidade e qualidade de entrega dados para a mente.

É atualmente arriscado para perfurar o crânio e colocar um pequeno dispositivo eletrônico lá dentro, mas a tecnologia está avançando rapidamente. Logo as coisas que consideramos superpotências estarão prontamente disponíveis para quem quiser e puder pagar .

Aqui estão algumas das coisas que os implantes cerebrais tornarão possíveis .

1. Ouvir uma conversa do outro lado do quarto, ou em uma balada lotada.

O implante coclear pode restaurar a audição para algumas pessoas, e até mesmo permitir que elas ouçam pela primeira vez . Com a ajuda de hardware especializado eles poderiam ajustar para fora o que você não quer ouvir,ou utilizar equipamentos sensíveis para pegar distantes ondas sonoras .

Continue reading

Facebook