São vários os milênios que vivemos nesse planeta e sempre procuramos ser os seres tecnológicos em constante evolução, mas somos os mesmo seres, apenas em tempos diferentes.

Tivemos a revolução cognitiva que foi quando aprendemos a falar, depois a revolução agrícola que foi quando aprender a plantar e ficar em um lugar só, em seguida foi criado o status, o trabalho, as formas de governo, a educação e vemos que mesmo assim ainda cometemos os mesmos erros.

O que estaria faltando?

Parece que a raça humana anda em direção ao precipício e quando olha para ele alguém ou algo chega e salva todo mundo, as vezes ela perde o equilíbrio, as vezes só toma um susto e fica com vertigem. O que daria uma conduta melhor para a humanidade?

Acredito que estamos sempre passando por novas eras, e estamos chegando perto de mais uma, a revolução digital já está acontecendo e estará nos livros de história, mas a revolução humana mesma a que foca no nosso emocional e nas nossas capacidades ainda está para chegar, e vai ser ela que vai nos dar um empurrãozão em direção a vida mais harmoniosa.

Mas para ela acontecer é preciso ter um ambiente bom, acesso a informação e coisas básicas, é preciso ter menos gente no mundo, e é preciso estudar até além dos 30 anos.

Uma coisa muito observável em minha vida é ver o perfil de pessoas do Brasil e da Europa, aqui no Brasil temos problema em nos sustentar, tudo é muito caro, cheio de tarifas e o salário é baixo demais, na Europa o problema deles é outro, eles tem países que funcionam, que entregam coisas boas para a população, as pessoas tem qualidade de vida e vêem seus governos trabalhando para tudo dar certo, e claro, ganham muito bem, podem viajar sempre, existe transporte e a moeda vale muito, mas o problema deles é pessoal, lá eles sofrem como indivíduos e não como profissionais.

Aqui não temos tempo para sofrer como indivíduos, claro, muitos sofrem, e como sofrem, mas a grande maioria do brasileiro aprende a engolir o choro porque precisa ganhar dinheiro.

95% de nossas decisões são tomadas pelo nosso emocional, podemos até racionalizar o emocional, mas é ele que comanda nossas decisões, por isso que enquanto não conseguirmos focar nesse simples e importante fator ainda cometeremos os mesmos erros, por mais informação e tecnologia que tivermos.

Foque em crescer e ter mais consciência/experiências, só assim para parar essa corrente.