Tag: liquido

O Mito de Escassez de Água No Universo

Quando cientistas e astrônomos procuram sinais de vida em outros planetas primeiramente há uma suposição de que tem que ter água para existir vida, mas seria vida igual a nossa, organizada e construída igual, mas esquecem de mencionar que podem existir outros tipos de vida, aqui mesmo no nosso planeta existem seres que não precisam de oxigênio.

Há uma ilusão de que dificilmente acharíamos lugares com vida, consequentemente lugares com água, mas isso está bem longe da verdade. Só agora a pouco (menos de 10 anos) nossos satélites conseguiram enxergar planetas quase do tamanho da Terra e isso deve representar a maioria dos planetas lá fora.

E nesse ano há apenas 750 ano-luz de distância acharam água em uma estrela sendo expelido para o espaço interestelar a 199 mil km/h. Claro, cientistas que não são de empresas renomadas como o Nassim Haramein já discutia ter achado água saindo do nosso próprio Sol por uma singularidade, um buraco que ele tem que a ciência normal não explica, Nassim explica.

A quantidade de água que é expelida por essa estrela é igual a quantidade do Rio Amazonas inteiro a cada segundo. Isso explicaria o porquê de cometas terem gelo, eles talvez passem por essas “fontes” espaciais de água e leva algo para os planetas em que colidem, distruibuindo assim “vida” para o espaço.

Outra descoberta muito importante é que foi achado a maior e mais antiga massa de água detectada no universo, uma nuvem gigantesca de 12 bilhões de anos, abrigando 140 trilhões de vezes mais água que todos os oceanos da Terra juntos. Continue reading

Metal Moldável e Resistente

Engenheiros de Materiais da Universidade de Yale criaram um material, resultado de uma liga de metais, tão moldável quanto o plástico, mas tão forte quanto o aço. Eles podem ser moldados usando temperaturas e pressões baixas em quaisquer formatos.

Os cientistas estavam estudando as propriedades de vidros metálicos (Bulk Metallic Glasses – BMG) recém-desenvolvidos. Estes vidros são fusões metálicas cujos átomos foram arranjados aleatoriamente ao invés de estarem altamente organizados em estruturas cristalinas, ou seja, é um metal que não tem uma rede cristalina contínua. Os pesquisadores descobriram que este material pode ser moldado no sopro como o plástico, mantendo sua força e durabilidade.

Estas ligas são compostas de metais comuns como cobre, níquel, titânio, e zircônio e podem ser moldados em baixa pressão e temperatura como nos processos usados para dar forma em plásticos. Isto significa que o resultado não terá custos muito altos. De acordo com a pesquisa, a matéria prima, os metais em si, também não seriam tão mais caros que o plástico.

A mistura também será útil em diferentes escalas. O líder do estudo, Jan Schroers, e sua equipe já estão usando o novo metal para criar desde pequenos containers até garrafas para implantes médicos, além de ressonadores para sistemas microeletromecânicos. Tudo com a durabilidade do aço.

“Isto pode levar a um novo paradigma no molde de metais. As propriedades superiores do BMG, parecidas com as do plástico e as típicas do metal, combinada com a facilidade, economia e precisão da moldagem a sopro, tem o potencial de impactar a sociedade atual tanto quanto o desenvolvimento do plástico sintético fez no último século”, disse Schroers. Vamos aguardar mais notícias sobre as aplicações.

fonte: Hypescience

Facebook