Tag: global (page 1 of 2)

Respeite Minha Religião

Nessa fase da minha vida de muito trabalho e busca pelo deus mais popular do século XXI – o Sr. Dinheiro –  é tão bom encontrar pessoas que expressam o que sinto! Além de me economizar tempo e “penso”* para organizar a escrita, acabo por me expressar sem me atrapalhar com as palavras!

*penso = a trabalheira de pensar, segundo uma mulher muito prática! Um dia conto a historinha desse “neologismo”.

Então, abaixo está um texto da escritora  Dorothy Murdock, mais conhecida  como “Acharya S”expert em religião. O texto foi traduzido pelo querido fundador deste site: o Mako, a quem sou grata! E o texto expressa o que sinto com relação as religiões, e vou além: quando as pessoas trocarem as religiões dos homens por Meditação, aquela que leva ao autoconhecimento e consciência, então o amor florescerá!

“Respeite minha religião” texto de  Acharya S

“Nos dizem freqüentemente para “respeitar a religião das pessoas.” Em primeiro lugar: muitas idéias religiosas são muito desrespeitosas para com o ser humano, assim, não merecem ser respeitadas. Em segundo lugar: e a troca sobre as pessoas respeitarem a nossa religião?

A palavra “religião” vem do latim religiō, que significa, dentre outras coisas, “consciência” ou “escrupulosidade.” Em minha perspectiva da realidade, eu me esforço para ser extremamente escrupulosa e consciente. Portanto, alguém poderia me chamar de “religiosa” e minha perspectiva de “religião”. Continue reading

Leis Modernas da Vida Global




São 5 videos de 2 minutos cada que conseguem falar muito.

Documentário: The Obama Deception Leg pt

obama_deception_cover

Sinopse: “The Obama Deception“, é um documentário que destrói completamente o mito de que Barack Obama está trabalhando pelos melhores interesses do povo americano.
Este documentário mostra: para quem Obama trabalha, as mentiras que ele diz, e sua verdadeira agenda.

Eu já vinha tendo dúvidas sobre Obama, ele realmente veio com a ultima esperança da Terra, praticamente um herói da profecia, todos adoravam ele, por ser negro simbolizava a mudança também.
E como vemos no documentário o incômodo que muitos tinhamos com relação a essa presidência nos mostra verdadeiros
Nosso herói faz parte e perpetua o grupo bilderberg, que tem planos que fazem muito sentido, porém ao um olhar nú e ignorante parece loucura.
O doc fala também do aquecimento global de Al gore, que já foi desmitificado aqui nesse blog em vários posts, com documentários e textos.
O grupo Bilderberg é também falado em um outro documenário das pessoas que aparecem nesse do Obama, chamado EndGame.

Para Baixar o Doc Clique nos links abaixo.

Parte 1
Parte 2
Parte 3
Parte 4

Para ver Online


Posts relacionados:
Documentário: A Farsa do Aquecimento Global legendado Pt

Aquecimento Global Existe?
Meat the truth

Origem e Cura do Câncer.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=lbnsOjdcwnU&feature=player_profilepage]

Segunda Parte
Terceira Parte

8 milhões de pessoas no mundo morrem de câncer.
O câncer é conhecido a mais de 100 anos.
Por que só agora descobriram isso?!
Então o que era todas as informações que obtíamos?!

De Acordo com o descobridor da origem do câncer e sua possível cura, é a informação manipulada, que como todos sabemos, não de se surpreender que controlem a informação, ou afirmem saber algo para nos deixar tranquilos com relação a tal doença.
Pois temos que confiar no médicos.

Devemos ficar contentes que ainda existem pessoas combatendo as falsas verdades do mundo.

_________________________________________________________________________________________

O Dr. Túlio Simoncini, médico italiano descobriu acidentalmente a cura do câncer, apenas por uma simples observação, que sempre junto ao câncer existe uma colônia branca causada por fungos, que a oncologia atual explicava sendo fungos oportunistas ao câncer, porem o Dr. Tulio Simoncini pensou, Será que esse fungo não será o causador dos tumores? Fez um teste simples, tratou apenas o paciente no sentido de eliminar os fungos, e assim o fez com um antifúngico super conhecido o Bicarbonato de sódio.
Para sua surpresa com o desaparecimento das colônias fungicas e eliminação dos fungos, o tumor desapareceu junto em apenas 4 seções aplicando o bicarbonato A 20% com água direto nos tumores. Neste vídeo você verá vários casos reais de pacientes totalmente curados de câncer por ele.
Ele ficou radiante para contar sua descoberta para o mundo, publicou um livro que foi completamente ignorado pela mídia, pois como os poderosos poderiam lucrar com uma coisa tão barata e simples como bicarbonato de sódio, algo que não se pode nem Patentear.
O Dr. Tulio Simoncini então fez um site: www.cancerfungus.com e colocou provas cientificas de sua descoberta com a cura de vários pacientes reais. ELE CUROU O CÂNCER!

MAIS A HISTORIA NÃO TERMINA ASSIM:

Ele foi perseguido, pois a cura que ele descobriu não interessa a quem lucra com a venda dos medicamentos mais caros do mundo, os utilizados no tratamento do câncer, existem remédios tão caros que uma equipe de 5 médicos tem que assinar para liberar uma dose ao paciente de hospitais públicos. Essa indústria milionária perseguiu o Dr. Túlio Simoncini tomou sua licença medica e o ameaçou de morte varias vezes, mais parece que ele resolveu enfrentar os poderosos de frente!

O grande problema é que os médicos estudam a vida toda uma teoria sobre o câncer, e vem um médico e descobre acidentalmente que tava tudo errado, deve ser difícil abandonar tudo que se acredita para um método totalmente novo, o importante é que ele descobriu a cura do câncer e a verdade vai aparecer mesmo que demore, pois a Mídia Paga só vai divulgar isso quando não tiver mais como esconder, por isso eu peço aos médicos que deixem sua vaidade de lado e pensem a respeito deste método de cura tão Obvio, Simples, indolor, barato e sem efeitos colaterais. Sei que é importante pra você deitar sua cabeça no travesseiro e dormir bem, sabendo que fez a coisa certa e não a que foi doutrinado a fazer.

Caso se interesse clique no site dele.
http://www.cancerfungus.com/

Documentário: Fabricando Discórdia

michael moore

Tentando separar os fatos da ficção e a ficção da lenda, a narrativa segue as pegadas de Michael Moore após o lançamento do seu explosivo Fahrenheit 9/11 (Palma de Ouro em Cannes 2004). Ao mesmo tempo, registra a tensão política que pairava na sociedade americana daquele momento, mostrando como Moore passou de um simples desconhecido a ícone da esquerda mundial. Analisando as táticas de Moore, os diretores do filme acabam se desencantando com o seu estilo de polemizar, o que resulta numa visão crítica daquele que é considerado um dos mais influentes documentaristas da atualidade.

Você sabia que em “Roger e eu”, primeiro longa de Moore, ele omitiu uma entrevista que fez com Roger Smith, presidente da General Motors, que levava abaixo sua argumentação? E que em “Tiros em Columbine” diversas situações ditas verídicas foram armadas? “Fabricando discórdia” mostra e documenta essas e outras falhas de Moore.

Mas o curioso é que, na argumentação, os diretores usam as mesmas táticas dos próprios filmes de Moore. Com inteligência, humor e aquele mesmo tom propagandístico, o longa faz um exame minucioso da figura do documentarista, descrito por amigos como “um sujeito megalomaníaco e paranóico”. É imperdível tanto para fãs quanto para críticos de Moore.

Download do documentário: Com legenda embutida no rapidshare, Pt-Br
Parte 1
Parte 2
Parte 3
Parte 4
Parte 5
Parte 6
Parte 7
Parte 8
Parte 9

Acho que muito melhor que mostrar os documentários de Michael Moore, seria conhecermos sua pessoa e seu percurso até hoje. Não é que eu não goste dos documentários dele, acho que para sua finalidade é ótimo, até porque ele muitas vezes comprova coisas que já sabemos, mas o modo que faz, o impacto que ele consegue dar em uma edição de video ou num constragimento de alguém de alta patente é o que faz as pessoas verem, além de toda a informação claro. Não digo para julgá-lo ou crucificá-lo, mas ele apenas quer contar uma história para ressaltar o sentimento de incômodo que temos, ou até arranjar uma justificativa para não ficarmos parados.
Na minha opinião, quero que continue fazendo documentários, até porque é uma das poucas formas de se incomodar as corporações.

A Assustadora Coréia do Norte?

Usina Nuclear

“A Coreia do Norte assinou com os EUA em 1999 um acordo pelo qual os norte-coreanos abriam mão do seu programa nuclear em troca de combustível enviado, porém sob a administração de George W. Bush os EUA descumpriram sua parte do acordo, o que combinado com um crescimento das hostilidades da potência norte-americana, levou a Coréia do Norte a acelerar o seu programa nuclear.
O país afirmou ter o direito de testar tais mísseis, pois é um país soberano. O Conselho de Segurança das Nações Unidas adotou dia 15 de julho daquele ano uma resolução impondo sanções à Coreia do Norte por seus testes de mísseis. Em 9 de Outubro de 2006, a Coréia do Norte teria realizado um teste subterrâneo de um artefato nuclear. Dias depois, as sanções voltaram em vigor, pois o Conselho de Segurança da ONU considerou uma ameaça à paz mundial. Até a China, principal aliada da Coréia do Norte, apoiou a implantação das sanções.”

Os orientais ja desconfiam dos ocidentais, todos principalmente os políticos já sabem que há uma lei silenciosa que só certas pessoas “confiáveis” pelos donos de bombas nucleares podem ter bombas, aliás com muito mal gosto, quando se faz um trato para o anulamente de uma futura ameaça por simples combustível, Bush talvez pensando que ninguém levantaria a mão contra os Eua, ignorou o trato, esperando o que?
Existem pessoas com coragem ou insanidade governando ainda, não se sabe qual dos dois.
Um País que se isola, não havia necessidade de tal ato desleixado.
A ONU condena suas ações, mas ela pelo o que vemos na realidade não tem qualquer poder sobre qualquer lugar, e também como sabemos é basicamente financiada pelos Eua, ou seja, suas opiniões muito provavelmente influenciadas a seu favor.

Cronologia desse atrito:
http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2009/05/090525_coreiacronologiag.shtml

O Maior Clichê do Mundo

concentracao

Desejo a Paz Mundial

Existe muita plasticidade e imcropreensão da Mente Humana nesse desejo.
As guerras podem acabar, as mortes e as perdas, mas será que isso basta?

É realmente efetivo esse desejo? Imagine uma lei no Mundo – Não pode Haver Guerras- chegaremos a paz, mas apenas, todo o pré-conceito, ódio, falta de compreensão e injustiça permanecerá, a guerra é apenas o epifenômeno de muitos outros fatores que se acumulam e multiplicam suas potências para igualar num desastre.
Fridrich Nietzsche dizia que devemos sofrer para sermos felizes, a felicidade dele, e realmente concordo e acrescento umas frases que formulei faz tempo, “Sofrimento não significa infelicidade, a infelicidade vem da sua imcopetência de dar significado ao sofrimento”, “Assim como numa onda de som, quanto mais baixo você desce, igualmente alto subirá”, Nietzsche fez uma frase parecida também “A árvore que queira crescer até o céu deve mandar suas raízes até o inferno”, o sofrimento faz parte da vida e não deve ser evitado nem esquecido, o sofrimento destrói pessoas que levam ele para o lado negativo, tomando outra frase famosa “O que não me mata, me fortalece”.
As leis impostas não mudam a essência do povo, zeitgeist de hoje em dia está destinado a se corromper, claro, existe exceções, e essa são as que tentarão mudar isso, são os Jihad(na essência da palavra, aquele que luta contra seus desejos, contra si mesmo).

Se tivesse que pedir algo, pediria Compreesão, paciência, determinação e coragem, acho que mudando ou tendenciando a essência dessas virtudes entraríamos no novo estágio de consciência.

A Paz pode ser aparente, mas dentro das mentes estará borbulhando furacões tempetuosos de emoções, e mesmo assim, tudo parece calmo.

Se o Deus Da Bíblia Visse Israel

israel-soldier

Não consigo parar de pensar na contradição colossal que Israel se tornou, ou já era, mas agora está materializando sua real personalidade.
Fico incorfomado com a falta de respeito e sensibilidade com a vida só para obter a terra sagrada.

Apesar que se for realmente pegar o Deus do velho testamente tenho certeza que ele mataria os palestinos, sem deixar mulheres e crianças, mas será que eles realmente não enxergam que mataram mais de 1000 pessoas, muitas delas crianças. Aí a gente se toca que eles querem destruir a estrutura da faixa de gaza, destruindo escolas e hospitais, matando pessoas até da ONU.

Na guerra de 1967 Israel já tinha ganhado uma terra 3 vezes maior que a anterior, a fome de poder financiada pelos Eua não tem limite, e todas as forças vizinhas se encontram estagnadas, pois fazer países do Oriente Médio se proteger da Desumanidade Israelense é para os ocidentais Caos causado pelos mulçumanos, pois aqui a única imagem que temos deles é que ao uma povo caótico que não consegue se organizar e viver bem consigo mesmo, mas isso tudo é por culpa da interfêrencia indevida dos Eua.

Fazer guerra com Israel é enfrentar os Eua junto.

Obama não valoriza tanto as ações militares quanto Bush ou Mccain, mas como sabemos não presidente que toma todas as decisões, e já vimos o que acontece quando há presidentes independentes e que visam o bem do povo.

Uma solução para a crise seria cortar em 9/10 o dinheiro gasto em armas e guerras e gastar na infraestrutura, tenho certeza que em um ano tudo isso ia acabar. Mas quando o Páis da guerra não investe em guerra, o que ele será?

Para saber mais o que se passa lá veja os documentários.

Occupation 101: Vozes da Marioria Silenciada

AIDS: A Grande Trapaça

aids
por David Icke

HIV não causa Aids. HIV não causa nada. Uma declaração cambaleante dado o exagero e aceitação pelo estabelecimento científico e, através deles pelo público, de que o vírus HIV é a única causa da Aids. O HIV é um vírus fraco e não afeta o sistema imunológico. E a Aids não é transmitida sexualmente. Há dois tipos principais de vírus. Usando a analogia do avião, você poderia chamar um destes vírus de “piloto”. Ele pode mudar a natureza de uma célula e deixá-la doente. Isto normalmente acontece muito depressa depois que ele a infecta. E então há o vírus “passageiro” que vive fora da célula, entra pra dar uma volta, mas nunca afeta a célula ao ponto de causar doenças.

O HIV é um vírus passageiro!

Então como diabos ele conseguiu o título de vírus mais ameaçador do mundo? A pessoa que anunciou que o HIV causava Aids foi um americano, o Doutor Robert Gallo. Desde então ele tem sido acusado de má-conduta profissional, o seu teste foi exposto como fraudulento, e dois dos executivos do seu laboratório foram considerados culpados de infrações criminais. Dezenas de milhares de pessoas fazem testes para anticorpos de HIV todos os anos e Dr Gallo, que patenteou o seu “teste”, ganha royalty por cada um deles. Luc Montagnier, o sócio de Gallo na teoria HIV-causa-Aids, admitiu em 1989: “O HIV não é capaz de causar a destruição do sistema imunológico que é visto em pessoas com Aids”. Quase 500 cientistas ao redor mundo concordam com ele. Assim como o Dr. Robert E Wilner, autor do livro “A Decepção Mortal. A Prova de que Sexo e HIV não Causam Aids”.

O Dr. Wilner até mesmo injetou o vírus HIV em si mesmo em um programa de televisão na Espanha para apoiar as suas reivindicações. Outros doutores e autores chegaram às mesmas conclusões, entre eles Peter Duesberg PhD e John Yiamouyiannis PhD, no livro deles, “Aids: A Boa Notícia é que o HIV não Causa essa doença. A Notícia Ruim é que “Drogas Recreativas” e Tratamentos Médicos Como o  AZT Causam”. Este é um título longo, mas resume a situação. Pessoas estão morrendo de Aids por causa dos tratamentos usados para “tratar” a Aids! Isso funciona assim: agora é aceito pelo estabelecimento e pelas pessoas que o HIV causa Aids, o sistema construiu este mito em cima do seu diagnóstico e “tratamento”. Você vai para o doutor e lhe dizem que seu teste de HIV deu positivo (positivo somente para os anticorpos do HIV, na verdade eles não fazem o teste para o próprio vírus). por causa da propaganda, muitas pessoas já começam a morrer emocionalmente e mentalmente quando lhes dizem que eles são HIV-positivos. Eles foram condicionados a acreditar que a morte é inevitável.

O medo da morte os leva a aceitar, freqüentemente até exigir, os altamente exagerados “tratamentos” que supostamente vão parar a manifestação da Aids. (Mas eles não vão.) O mais famoso é o AZT, produzido pela organização Wellcome, possuída pelos… espere por isto, Rockefellers, uma das principais famílias manipuladoras na Nova Ordem Mundial (NWO).

O AZT foi desenvolvido como uma droga anti-câncer para ser usada em quimioterapia, mas foi considerado muito tóxico até mesmo para isso! O efeito do AZT no “tratamento” do câncer foi o de matar células – simplesmente isso – não só matar células cancerosas, mas também células saudáveis. A questão seguinte (e isto é aceito até mesmo pelo estabelecimento médico), era: o AZT mataria as células cancerosas antes que tivesse matado tantas células saudáveis que matasse o corpo? Esta é a droga usada para “tratar” o HIV. Qual é o seu efeito?

Ele destrói o sistema imunológico, CAUSANDO assim a Aids. As pessoas estão morrendo do tratamento, não do HIV. Aids é simplesmente o colapso do sistema imunológico para o qual há infinitas causas, nenhuma delas é sexualmente transmissível. Essa é outra trapaça que tem rendido uma fortuna para os fabricantes de preservativos e criado um medo enorme ao redor da expressão de nossa sexualidade e da liberação e expansão de nossa força criativa.

O que tem acontecido desde A Grande Trapaça é que agora qualquer um que morre por causa de uma fraqueza no sistema imunológico é dito ter morrido do abrangente termo, Aids. Isso é até mesmo posto no diagnóstico. Se você é HIV positivo e morre de tuberculose, pneumonia, ou 25 outras doenças não relacionadas, agora conectadas pelos Trapaceiros à “Aids”, você é diagnosticado como tendo morrido de Aids. Se você não é HIV positivo e morre de um dessas doenças, você é diagnosticado como tendo morrido dessa doença, não Aids. Isso manipula o quadro diariamente para indicar que só HIV-positivos morrem de Aids.

Isso é uma mentira.

Muitas pessoas que morrem de Aids não são HIV-positivos, e a razão para que o número das mortes causadas pela Aids não tenham subido às nuvens como o predito, é que a grande maioria das pessoas diagnosticadas HIV-positivas nunca desenvolveram Aids. Por que?

Porque o HIV não tem nada a ver com a Aids.

Qualquer coisa que destrói o sistema imunológico causa Aids, e isso inclui as chamadas drogas recreativas. A vasta maioria das mortes nos Estados Unidos envolvem homossexuais, e isto perpetua o mito de que a Aids tem algo a ver com sexo. Mas os homossexuais no EUA estão entre os maiores usuários das drogas que doutores genuínos têm ligado à Aids. Prostitutas que freqüentemente tomam drogas pegam Aids, prostitutas que invariavelmente não tomam drogas não adquirem Aids. A elevação da Aids nos Estados Unidos corresponde perfeitamente com o aumento no uso de drogas – a maioria das quais são disponibilizadas às pessoas nas ruas através de elementos dentro do Governo dos EUA, incluindo Bill Clinton e George Bush. Na África, o colapso do sistema imunológico, agora conhecido como Aids, é causado por falta de boa comida, de água limpa e pelos efeitos gerais da pobreza. Hemofílicos não morrem por causa de sangue infectado com HIV, eles morrem, da mesma forma que eles faziam antes da fraude Aids, de um erro no próprio sistema imunológico deles. O sistema imunológico deles ataca proteínas externas no sangue infundido, e em raras ocasiões ele pode ficar confuso durante esse processo e atacar a si mesmo. O sistema imunológico deles, em efeito, comete suicídio. O HIV é irrelevante pra isso. Contudo quantas pessoas que hoje foram diagnosticadas HIV-positivas estão tendo as suas vidas destruídas pelo medo de que os sintomas da Aids começarão a qualquer momento?

O AZT é o assassino. Não há um único caso do AZT revertendo os sintomas da Aids. Como poderia? Ele os está causando, pelo amor de Deus.

A indústria da Aids vale agora bilhões de libras por ano e faz uma fortuna inimaginável para a indústria de drogas controlada pelos Rockefellers e pelo resto da Elite Global.

fonte: http://br.geocities.com/umanovaera/Aids.htm

________________________________________________________________________

Nota do Destruidor de Dogmas: Eu já tinha visto esse assunto a muitos anos quando pais de uma amiga adquiriram aids, e fui pesquisar sobre o assunto e hoje vendo videos me deparei com  a farsa da Aids que coincidentemente tem a família Rocekfellers envolvida em mais um caso de manipulação e conspiração para a morte de vários civis, envolvendo marketing enganador e falsas pesquisas divulgadas. Eu puis esse texto sobre a Aids aqui com certa dúvida, pois o autor é bem mal visto no mundo acadêmico, mas quantas cientistas não foram expulsos por terem idéias novas?! (vários arqueólogos, pessoas contra a teoria da evolução, psicólogos como Jung) Milhares, resolvi dar a chance do leitor ver se é verdade, assim como deveriam fazer com tudo, até porque não tenho conhecimentos médicos.

Bilhões de abelhas desaparecem e intrigam cientistas nos EUA

zangao

Bilhões de abelhas desapareceram nos EUA desde o fim do ano passado – Reuters

RIO – O desaparecimento de mais de um quarto das 2,4 milhões de colônias de abelhas dos Estados Unidos está intrigando cientistas de todo o país, segundo reportagem do jornal “New York Times”. Até agora, ninguém conseguiu explicar por que os insetos têm perdido a orientação, deixando de voltar para suas colméias. São dezenas de bilhões de abelhas desaparecidas, de acordo com estimativas dos Inspetores de Apiários da América, um grupo nacional que acompanha culturas do inseto.

Como em qualquer grande mistério, um enorme número de teorias foi apresentado, e muitas parecem mais ficção científica do que ciência. O problema já foi atribuído a modificações genéticas, torres de sinal para telefonia celular ou linhas de transmissão de alta-voltagem. Chegaram a ser mencionados possíveis planos secretos da Rússia ou de Osama bin Laden para destruir a agricultura dos EUA. Blogs na internet falaram ainda no rapto das abelhas, no qual Deus as convocaria para o céu.

O volume de explicações é atordoante, segundo a especialista em insetos Diana Cox-Foster da Pennsylvania State University. Ao lado de Jeffrey S. Pettis, um especialista do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, ela está liderando um grupo de pesquisadores que tenta descobrir respostas para explicar o “colapso da desordem das colônias”, nome dado para o fenômeno do desaparecimento das abelhas.

“ Existe, obviamente, urgência para resolver isso ”

– Existe, obviamente, urgência para resolver isso. Estamos tentando fazer tudo o mais rápido possível – disse Diana.

A especialista, que participa de um encontro de dois dias com outros cientistas para discutir descobertas recentes e planos futuros com autoridades do governo, concentra-se nas hipóteses mais prováveis: um vírus, um fungo ou um pesticida. Cerca de 60 pesquisadores se debruçaram sobre as possibilidades nesta terça-feira e demonstraram preocupação diante da velocidade com que as abelhas estão desaparecendo de suas colméias.

Algumas colônias foram destruídas em menos de dois dias. De acordo com os cientistas, pesquisadores do Brasil também estão em busca de respostas para o fenômeno, assim como cientistas da Europa e da Guatemala.

“ Há perdas ao redor do mundo que podem ou não estar ligadas ”

– Há perdas ao redor do mundo que podem ou não estar ligadas – disse Pettis.

Os pesquisadores reuniram amostras de insetos em diversos estados e já começaram a fazer autopsias e análises genéticas. Por enquanto, inimigos naturais das abelhas não parecem ser responsáveis pela desorientação dos animais.

Testes realizados na universidade de Columbia indicam que algo pode estar atingindo o sistema imunológico dos insetos. Pesquisadores encontraram fungos nas abelhas afetadas que também são vistos em humanos com AIDS ou câncer.

– Isso é extremamente incomum – disse Diana Cox-Foster.
Mais de 25% perderam metade das colônias

Até agora, o fenômeno foi observado em 27 estados, de acordo com a Bee Alert Technology, uma empresa que monitora o problema. Uma pesquisa recente feita em 13 estados pelo grupo de Inspetores de Apiários da América mostrou que 26% das culturas de abelha perderam metade de suas colônias entre setembro e março.

Abelhas produtoras de mel são os insetos mais importantes para a cadeia alimentar humana. Elas também são as principais polinizadoras de centenas de frutas, vegetais e flores. O número de colônias de abelhas vem caindo desde os anos 1940, ainda que as plantações que dependem delas tenham crescido.

As colônias de abelhas também têm estado sob stress nos últimos anos já que cadê vez mais produtores cruzam o país com caminhões cheios de abelhas para realizar polinização. Esses insetos podem sofrer alterações em suas dietas, mas os pesquisadores descartaram a possibilidade de que alterações na dieta possam ser responsáveis pelos desaparecimentos registrados nos últimos meses.

Os cientistas dizem que respostas definitivas para o colapso nas colônias podem estar distantes, mas recentes avanços na biologia e o seqüenciamento genético estão acelerando a pesquisa. Um projeto para seqüenciar 11 mil genes de abelhas foi concluído no ano passado na Escola de Medicina de Houston, dando aos pesquisadores grande possibilidade de identificar distúrbios genéticos nos insetos.

– De outra forma, nós estaríamos procurando agulha no palheiro – disse a cientista Diana Cox-Foster.

Older posts