Tag: buraco negro

A aceitação budista e o quanto não somos especiais

Faça esse teste comigo.

Perceba o seguinte, nós fazemos parte do universo, universo esse que foi criado bilhões de anos atrás, tudo perfeitamente alinhado e organizado, e isso demorou uma grande quantidade de tempo, mas agora há equilíbrio.

Somos consequência desse movimento inicial que foi ficando cada vez mais complexo, ao ponto de acharmos que tudo é caos de tão difícil que é compreender a escala do espaço em que vivemos.

Nessa equação nasceu a vida, somos o que há de mais complexo em centenas de milhões de anos de vida na Terra, e assim como outros animais nos organizamos para criar um equilíbrio, garantir sobrevivência, e depois que ela foi mais ou menos garantida começamos a nos comunicar, criar regras, vilas, cidades, comércio e aí o ser humano começou a ficar bem complexo, assim como o universo já o é.

Agora vamos lá, imagine os eventos da sua vida, tudo que aconteceu na sua vida, os momentos bons e ruins que a marcaram, eles aconteceram, muitos deles tinha uma alta chance de acontecer, não havia como evitá-los, faziam parte desse movimento inicial que começou bilhões de anos atrás, também fazemos parte desse universo, apesar de sempre queremos ser diferentes, a mais.

Tudo que acontece conosco deve ser aceito, pois é preciso viver com tudo, quem disse para você que a vida deve ser só felicidade? A vida nunca fui só felicidade, essa afirmação é irreal assim como as fotos das pessoas do instagram.

A vida, assim como o universo é cheio de nuances, e pode haver momentos de caos, como na explosão de uma supernova (a morte de uma estrela), outras situações são lentas e acabam com a gente pouco a pouco, como um buraco negro, ao ponto de nem saber que nos perdemos até desaparecer.

A vida  contemporânea quer que nos vejamos como especiais, únicos, somos únicos, mas nem de perto especiais, somos pó estelar, como diria Carl Sagan, e somos parte do universo, pois somos composto pela exata proporção de matéria que existe no universo.

Agora lembra dos acontecimentos da sua vida?

Aceite eles, já aconteceram, alguns ruins vão acontecer de novo, você não se livrou deles, mas saiba que é libertador saber que você não é especial, sua vida talvez não chegue nesses sonhos absurdos que nos vendem, e com isso com certeza você tirará o peso que não te deixa ser todo o seu potencial.

Não ser especial é libertador.

O Mito de Escassez de Água No Universo

Quando cientistas e astrônomos procuram sinais de vida em outros planetas primeiramente há uma suposição de que tem que ter água para existir vida, mas seria vida igual a nossa, organizada e construída igual, mas esquecem de mencionar que podem existir outros tipos de vida, aqui mesmo no nosso planeta existem seres que não precisam de oxigênio.

Há uma ilusão de que dificilmente acharíamos lugares com vida, consequentemente lugares com água, mas isso está bem longe da verdade. Só agora a pouco (menos de 10 anos) nossos satélites conseguiram enxergar planetas quase do tamanho da Terra e isso deve representar a maioria dos planetas lá fora.

E nesse ano há apenas 750 ano-luz de distância acharam água em uma estrela sendo expelido para o espaço interestelar a 199 mil km/h. Claro, cientistas que não são de empresas renomadas como o Nassim Haramein já discutia ter achado água saindo do nosso próprio Sol por uma singularidade, um buraco que ele tem que a ciência normal não explica, Nassim explica.

A quantidade de água que é expelida por essa estrela é igual a quantidade do Rio Amazonas inteiro a cada segundo. Isso explicaria o porquê de cometas terem gelo, eles talvez passem por essas “fontes” espaciais de água e leva algo para os planetas em que colidem, distruibuindo assim “vida” para o espaço.

Outra descoberta muito importante é que foi achado a maior e mais antiga massa de água detectada no universo, uma nuvem gigantesca de 12 bilhões de anos, abrigando 140 trilhões de vezes mais água que todos os oceanos da Terra juntos. Continue reading

Documentário: Através do Buraco de Minhoca

 

Sinopse da Série :

Apresentada por Morgan Freeman, “Através do Buraco de Minhoca” explora os mistérios mais profundos da existência — as perguntas que intrigam a humanidade desde o seu surgimento. Do que somos feitos? O que havia antes do princípio? Estamos realmente sós? Existe um Criador? Tais indagações foram objeto de análise das mentes mais brilhantes da humanidade. Hoje, a ciência evoluiu ao ponto onde fatos e evidências concretas podem ser capazes de nos fornecer as respostas. Série em 8 episódios.

Sinopse dos Episódios:

Episódio 1 : Talvez seja o maior e mais polêmico mistério do cosmos. O nosso universo surgiu ao acaso, ou foi criado por um Deus que nutre e sustenta toda a vida? A ciência mais recente mostra que as 4 forças que regem nosso universo são incrivelmente bem equilibradas. Tanto que isso levou muitos à conclusão de que alguém, ou algo, deve tê-las balanceado; uma crença alicerçada em evidência de que tudo no nosso universo pode emanar de uma estrutura extraordinariamente elegante e bela, conhecida como Grupo de Lie E8. Embora céticos afirmem que essas descobertas não são conclusivas nem prova de um criador divino, alguns físicos de vanguarda já postulam quem é esse Deus: um jogador que criou o nosso mundo como um simulador para Sua própria diversão.

Episódio 2 : Eles são os objetos mais poderosos do universo. Nada, nem mesmo a luz, pode escapar da força gravitacional de um buraco negro. Astrônomos acreditam que existem bilhões deles pelo cosmos, engolindo planetas, até mesmo estrelas inteiras. Nova pesquisa teórica acerca da realidade distorcida dos buracos negros sugere que o espaço tridimensional pode ser uma ilusão. Tal realidade ocorre num holograma bidimensional na borda do universo.

Episódio 3 : A teoria da relatividade de Einstein afirma que é perfeitamente possível viajar no tempo — se for rumo ao futuro. Descobrir um meio de viajar ao passado impõe superar a velocidade da luz, o que até hoje parece impossível. Mas agora, fenômenos estranhos mas reais, como a não-localidade quântica, onde partículas instantaneamente se teleportam por grandes distâncias, podem nos proporcionar um meio de tornar realidade o sonho de viajar para ao passado e ao futuro. Entrar numa máquina do tempo e reescrever a história, ressuscitar os entes queridos, controlar nossos destinos. Mas se conseguirmos, quais seriam as consequências de tal liberdade? Será que ficaríamos presos numa infinidade de paradoxos e universos múltiplos que destruiriam a estrutura do universo?

Episódio 4 : Todos os cosmólogos e astrônomos concordam: nosso universo tem 13,7 bilhões de anos. Usando tecnologia de ponta, os cientistas agora são capazes de registrar uma imagem instantânea do universo um pouco após seu nascimento. De posse de satélites supersensíveis, os astrônomos olham para o tempo no momento da criação, quando a matéria do universo passou a existir. É aí que descobrimos um mistério tão antigo quanto o próprio tempo — se o universo nasceu, de onde ele veio? Conheça os principais cientistas que acreditam ter descoberto a origem do nosso universo e uma janela para o tempo antes do tempo.

Episódio 5 : Para onde quer que olhemos, a vida existe nos ambientes mais hospitaleiros e inóspitos. Mas só encontramos vida em nosso planeta. Como a matéria que compõe as estrelas juntou-se para criar a vida? O que realmente queremos dizer com “vida”? Será que desvendar esse mistério nos ajudará a encontrá-la em outros lugares?

Episódio 6 : Alienígenas certamente existem. Então por que ainda não encontramos um ET? Ocorre que ainda estamos apenas desenvolvendo instrumentos poderosos o bastante para procurar por eles, bem como ciência suficientemente sofisticada para saber onde procurar. Assim, está aberta a corrida para encontrar os primeiros alienígenas inteligentes. Mas qual seria a aparência deles, e como eles interagiriam conosco se nos encontrássemos? As respostas podem chegar até nós mais cedo do que imaginamos, uma das principais astrônomas acredita que já ouviu as primeiras tentativas de comunicação deles.

Episódio 7 : Nossa compreensão do universo e da natureza da própria realidade mudou drasticamente nos últimos 100 anos, e está prestes a sofrer outra mudança radical. Em um túnel de 27 km de comprimento e 174 metros abaixo da fronteira franco-suíça, o maior e mais poderoso esmagador de átomos, o Grande Colisor de Hádrons, está em funcionamento. Seu objetivo é nada menos que recriar os primeiros instantes da criação, quando o universo era inimaginavelmente quente e antigas formas de matéria extinta resfriaram para formar estrelas, planetas e, finalmente, nós. Essas partículas incrivelmente pequenas e exóticas contêm os segredos dos maiores mistérios do universo. O que descobrimos pode confirmar nossas antigas teorias acerca do funcionamento do mundo e do que somos feitos. Ou, todas as nossas noções acerca da essência do que é real poderão ser destruídas.

TORRENT da primeira Temporada – Lengedas no site Legendas.tv

Episódio 1: Is There a Creator ?Legenda

Episódio 2: The Riddle of Black HolesLegenda

Episódio 3: Is Time Travel Possible ?Legenda

Episódio 4: What Happened Before the Beginning ? Legenda

Episódio 5: How Did We Get Here ?Legenda

Episódio 6: Are We Alone ?Legenda

Episódio 7: What Are We Really Made Of ?Legenda

Episódio 8: Beyond the Darkness Legenda

Obs: o primeiro episódio me parece uma experiência de projeção da consciência forçada, o que é bem interessante, e também se perceberem bem a geometria sagrada em uma equação matemática, e isso é mais interessante ainda.

Documentário muito bom que visa mostrar várias variantes das teorias que hoje em dia são dogmas apesar de de ser apenas algo não provado, e as vezes não muito provável, é o tipo de documentário que gosto.

Posts Complementares:

Cruzando o Evento do Horizonte
Um Pálido Ponto Azul
Palestra de Nassim Haramein
Crop Circles, Flor da Vida e a Geometria Sagrada
Documentário: Universo Elegante
Documentário: O Universo

Fonte: http://www.filmeja.com

Palestra de Nassim Haramein

O grande Físico Nassim quebra VÁRIOS dogmas com suas idéias e teorias, vejam calmamente, pois é muita informação, ainda não está todo legendado, mas espero que logo será.

As Dimensões e o Universo 1
As Dimensões e o Universo 2
As Dimensões e o Universo 3
As Dimensões e o Universo 4
O Vácuo e a Densidade do Infinito 5
O Vácuo e a Densidade do Infinito 6
O Vácuo e a Densidade do Infinito 7
Vácuo, Campo Magnético e o Tetrahedron 8
Relação do Tetrahedro e a Esfera da Realidade 9
Teotihuacan e a Matriz Vetorial Isotrópica 10
O Octahedro e Número 12 na Antigüidade 11
Os Crop Circles e os Octahedros 12
Os Crop Circles 13
Os Crop Circles e a natureza Fractal 14
Crop Circles e o Pi 15
Sobre os Buracos Negros 16
Geometria do Colapso 17
Sobre a Física Quântica 18
A trandução da Água, as Ondas e a Geometria do Vácuo 19
As Ondas, Orbitação e o Campo Magnético 20

Caso queiram ver a outra metade não legendada, que não tão difícil, pois o inglês dele é bem fácil.
Clique aqui.

Não é a mesma palestra, mas você pode seguir a partir da parte 20 desse link.

Aconselho a verem logo depois o Documentário O Olho de Hórus, pois tem sua teoria posta em cima de outras.

Facebook