Sincronicidade e uma Ordem no Universo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

Página 284 do livro “O Despertar dos Mágicos”

Plotino fala das relações naturais e sobrenaturais do homem com o cosmo e de todas as partes do universo entre elas: -“Esse Universo é um animal único que contém em si todos os animais… Mesmo sem estar em contato, as coisas agem e têm necessariamente uma ação a distância… O mundo é um animal único, e é esse o motivo por que é absolutamente necessário que esteja de acordo consigo próprio; não há acaso na sua vida, mas uma harmonia e uma ordem únicas.”

E finalmente: ” Os acontecimentos deste mundo dâo-se de acordo com as coisas celestes”.

Mais perto de nós, William Blake, numa iluminação poético-religiosa, vê todo o Universo contido num grão de areia. É a idéia de reversibilidade do infinitamente pequeno e infinitamente grande e da unidade do Universo em todas as suas partes.

Segundo o Zohar: “Tudo na Terra se passa como no céu”.

Hermes Trismegisto: “O que está no céu é igual ao que está na Terra”

E a antiga Lei chinesa: ” As estrelas no seu percurso combatem pelo homem justo”

Em várias religiões podemos ver uma conexão entre o infinitamente pequeno e o infinitamente grande, eles estão conectados de alguma maneira. O Universo é regido por leis simples que combinadas acabam formando complexidades herméticas, ou seja, mudam de escala, mas permanecem parecidas. Peço que vejam o documentário The Code que explica muito bem isso.

Existem em várias culturas palavras para representar essa Ordem que faz com que tudo tenha um sentido, mas não só sentido de significado, mas também um sentido de ação, de consequências. Na cultura egípcia antiga era chamado de Maat, nas suméria de Me, na chinesa de Tao, no sânscrito encontramos a palavra Dharma,  podemos ver também astrologia séria (não de revistas picaretas) que isso também tem um “Sentido”. O Universo tenta se auto-ajustar, como disse Plotino, somos animais dentro de uma animal gigante.

Jung dizia que não existem coincidências, o termo Sincronicidade que ele criou serve para “definir acontecimentos que se relacionam não por relação causal e sim por relação de significado. Desta forma, é necessário que consideremos os eventos sincronísticos não a relacionado com o princípio da causalidade, mas por terem um significado igual ou semelhante. A sincronicidade é também referida por Jung de “coincidência significativa”.”

“Sincronicidade difere da coincidência, pois não implica somente na aleatoriedade das circunstâncias, mas sim num padrão subjacente ou dinâmico que é expresso através de eventos ou relações significativos.”

Essa ordem parece nos afetar sempre, e posso dizer com toda a certeza do mundo que todos já passamos por situações de “coincidências significativas”, e sim, coisas acontecem, mas algumas coisas estão desafiando as probabilidades quando acontecem.

E é engraçado como algumas religiões pregam acontecimentos assim, sejam eles derivados do Karma, ou derivados do destino auto-escrito do Chico Xavier (descrito no livro/filme Nosso Lar), há explicações para isso sejam elas espirituais ou científicos.

Por mais que pareça aleatório para alguns essas conexões, elas existem, e não são conflituosas.

Eu sempre falo pra um amigo meu que “a coincidência é o nosso escravo”, pois esse tipo de coincidência significativa depende muito de nós percebermos, ela pode estar acontecendo a todo instante, alguns podem pensar que é preciso inventar um significado para ações aleatórias, mas podemos ver o lado de que é preciso ter um olhar afiado para perceber elas, afinal temos bom senso e sabemos o que é aleatório e o que é bobagem.

Se existe uma verdade no mundo é que o Universo sempre tenta se equilibrar, dêem uma olhada nas 7 leis herméticas.

“O Todo é Mente; o Universo é mental.”

“O que está em cima é como o que está embaixo. E o que está embaixo é como o que está em cima”

“Nada está parado, tudo se move, tudo vibra”

“Tudo é duplo, tudo tem dois pólos, tudo tem o seu oposto. O igual e o desigual são a mesma coisa. Os extremos se tocam. Todas as verdades são meias-verdades. Todos os paradoxos podem ser reconciliados “

“Tudo tem fluxo e refluxo, tudo tem suas marés, tudo sobe e desce, o ritmo é a compensação”  

“O Gênero está em tudo: tudo tem seus princípios Masculino e Feminino, o gênero se manifesta em todos os planos da criação” 

“Toda causa tem seu efeito, todo o efeito tem sua causa, existem muitos planos de causalidade mas nenhum escapa à Lei”

 Vendo tudo isso é possível entender a mecânica do Universo, e a segunda e a última frase tem um efeito especial nessa conversa, colocamos num patamar humano e social as coincidências, mas no campo do universo isso não passa de elementos a serem equilibrados, tentativas de entrar em harmonia, o ser que não enxerga tal atitude não consegue ficar em harmonia com o todo.

Tudo no final acontece como a bíblia diz, “Assim na terra, Como no céu”.

Veja que mudança de entendimento que essa frase traz depois dessas conexões.

Somos frutos causadores e receptores de muitas coisas, mas não devemos nos menosprezar ou sentir pequenos por sermos uma ínfima parte do universo, afinal nós não somos só parte deles, nós somos ele, viemos de poeira estelar, e seremos denovo um dia.

Post relacionado: Organismo Fractal Espelho 

Fontes:
Livro O despertar dos mágicos – introdução ao realismo fantástico – Louis Pauwels e Jacques Bergier
As máscaras de Deus – Mitologia Oriental – Joseph campbell
Wikipédia

3 Comments

  1. No Tranta diz: O que está aqui está lá,
    o que não está aqui não está em lugar algum.

  2. esse texto me deu vários insights sobre o tema

    isso dá uma impressão de que o universo precisa que certas coisas aconteçam do jeito dele, como se não existisse o livre arbitrio

    • Existe o livre arbítrio sim, mas ele está acontecendo dentro de um leque de possibilidades, e esse leque não é infinito e sim uma quantidade provavelmente pra você fazer, numa determinada situaçÃo, num determinado lugar, num determinado temperamento, numa determinada temperatuda, e por aí vai, quase infinito heheh.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Facebook
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×