0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

A RAR Energia de Porto Alegre está criou um motor que aproveita a energia da gravidade para produzir energia elétrica.

Ou seja, energia a qualquer hora, constante, e em qualquer lugar do planeta, seria uma possível solução se feita em grande escala para a poluição no mundo com co2 e lixo tóxico.

Ter um motor capaz de não utilizar nada sólido, liquido ou gasoso para produzir energia é incrível, e certamente mudaria todo o planeta quando isso conseguir se viabilizar. Obviamente muitas multinacionais ficarão descontentes.

O sistema, também chamado de máquina de movimento perpétuo, desafia os consensos da física, uma vez que rompe com as leis da termodinâmica, e, ainda, a Lei Áurea da Mecânica – a qual estabelece que todo trabalho aplicado deva ser maior ou igual ao trabalho realizado. Ainda assim, durante as etapas de montagem do gerador, os cientistas disponibilizaram um exemplar do inacreditável sistema em menor tamanho na sede da empresa.

Esse sistema foi estudado durante muitos e muitos anos e se pensava ser impossível.

Dêem uma olhada nas fotos.

Segundo o site da empresa, o equipamento que aproveita a gravidade do planeta é acionado por um sistema mecânico e tem capacidade de geração de 30 kW – num primeiro momento, a ideia deles seria construir um conceito, a fim de impulsionar este método de geração no mundo todo.

Ainda segundo a empresa, um modelo idêntico ao que foi recentemente finalizado na capital gaúcha estaria sendo desenvolvido por eles na cidade de Gilman, no estado norte-americano de Illinois.  A máquina foi inspirada num motor a combustão, em que um conjunto de pesos é equivalente ao combustível e aos pistões, que acionam as bielas conectadas ao virabrequim.

Para mais fotos por favor entre no http://www.rarenergia.com.br/