Por que me afastei da espiritualidade depois de tanto tempo?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×


Desde de adolescente tive a vontade de procurar respostas para as questões internas, como ser cada vez melhor? Quais temas devo estudar para evoluir?

Uma das respostas apresentadas para um recém ateu, foi a espiritualidade, que não necessariamente envolve a existência de Deus, mas uma busca pelo equilíbrio e conhecimento.

Nesse caminho fui estudando religiões, mitologia, e todos os assuntos que discuto aqui, e vi muitas coisas boas naquilo que eu negava quando adolescente,  mas de 2003 para cá muita coisa mudou, e comecei a descobrir um outro lado da espiritualidade, eu e muitas outras pessoas.

Eu já disse aqui muitas vezes que sempre existe um BOOM da descoberta de algo e depois há uma procura pelo equilíbrio ou vai direto para a extinção, e a espiritualidade foi repaginada, agora era algo de jovens, podíamos nos preocupar com nós mesmos de uma forma prática, em espaços preparados para isso, ou até melhor, a meditação e o yoga invadiram os escritórios para levar qualidade de vida as pessoas, qualidade essa comprovada cientificamente.

Mas uma coisa me incomodava muito nesse mundo.

Antigamente quem procurava essas atividades era quem realmente buscava algo, se interessava muito, mas aí comecei e me relacionar com as pessoas que eram hardcore nesse universo, professores de escolas famosas de yoga, gente que era vegan, e percebi uma coisa que me fez repensar esse “movimento”.

E vou falar isso, que foi a minha experiência, em um português bem claro,  existia muita gente sem caráter que fazia parte desse estilo de vida, e o que era para ser algo popularizado, acabou virando algo elitizado.

E aí a frase “faz yoga e não dá bom dia pro porteiro” fez muito sentido, era um modismo, uma pseudo busca, para muitos, não para todos, de autoconhecimento, mas que não alcançava nada, se existia gente desonesta (como qualquer outro lugar) que fazia meditação, e foi nesse momento que me perguntei:

– O que procuram essas pessoas então?

Para mim era difícil separar a vida espiritualizada dos valores humanos, da honra, honestidade, coragem, justiça, e para muitas dessas pessoas uma coisa não se conecta com a outra, aliás, muito pelo contrário, basta apenas participar de aulas que você já estaria no clã deRose ou qualquer outro grupo de espiritualistas que isso o elevaria socialmente e espiritualmente.

Realmente achava uma pena.

Tive experiências boas também, não conheci só gente ruim, mas com certeza eu tiro algo negativo desse universo.

E até em outra categoria desse universo, a dos gurus do espiritismo, das pessoas que ensinam os “poderes” da alma tive experiências negativas, como viagem astral e psicografia.

Essa comercialização da espiritualidade me incomoda bastante, e não preciso nem dizer o porquê, você leitor sabe, conhece Chico Xavier, João de Deus, Jesus Cristo, citaria até Confúcio nesse meio.

Coloquei até essa sátira do youtube como foto desse post, que eu acho bem engraçado, dos espiritualistas hardcore, o Ultra Spiritual, e certas coisas ele nem muda muita coisa, a piada é a realidade mesmo.

Como disse no começo desse texto, acredito que estamos passando pelo boom, ou talvez estejamos no início de seu equilíbrio , acredito que tudo isso se tornará ainda mais popular e poderá ajudar ainda mais as pessoas, e principalmente abrir a cabeça delas, pois infelizmente não é possível crescer de olhos fechados, é preciso conhecer lugares e pessoas novas, viver experiências, e principalmente, aprender com tudo isso, não adianta viajar o mundo e continuar a mesma pessoa, fazendo as mesmas coisas, não saindo da própria bolha.

E acredite, muita gente viaja o mundo e não tem o mínimo de caráter.

Eu sempre tive uma máxima na vida que é: Se você faz o certo não tem como errar, seja no seu trabalho, no seu relacionamento com os outros, em questão de liderança e organização, a questão é quando não se faz o certo, e quando falo certo você deve se perguntar “Como posso fazer isso de forma eficiente e ao mesmo tempo ajudar as pessoas que estão envolvidas?”.

Consciência muda qualquer ambiente de trabalho ou de amigos

E caráter muda a sua vida inteira.

1 Comment

  1. Esse texto poderia ter sido escrito por mim, mas não foi. Mas de certeza que foi escrito por alguém que sente o mesmo que eu e por isso lhe estou grato.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Facebook
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×