0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

otimismo

-“Isso nunca vai acontecer comigo”

Nos preocupamos com quem fala isso, e infelizmente são muitas as pessoas que se negam a enxergar a realidade. Todos somos afetados por algo imprevisto, ou que neglicenciamos, praticamente sempre somos pegos de surpresa com relação a alguma doença, acidente ou mesmo uma prova.

Isso é causado porque 80% da população sofre do que é chamado de Viés otimista, que seria uma criação própria de uma hiper realidade, algo além, como por exemplo a idéia de que um motoqueiro ainda ande de moto apesar de saber das incríveis chances de acabar morrendo por causa do veículo e de sua direção agressiva, a pessoa cria uma realidade em que é seguro e que nada vai acontecer com ele.

Numa pesquisa feita com voluntários eram feitas perguntas sobre aspectos dessas pessoas, como por exemplo se ela era sociável, ou se ela se achava bonita, e incrivelmente todo mundo se achava acima da média, o que é uma coisa impossível, pois se todos são acima da média então a própria média deveria ser elevada, por conseguinte, todos virariam normais.

Apesar da esperança nos iludir com relação a realidade, é ela que nos leva para frente, pois apenas através de uma projeção de sua realidade é que um dia talvez ela possa ser existente. Todos os líderes do mundo foram assim, Gandhi, Nelson Mandela, Luther King, e até Hitler todos imaginaram um mundo melhor e apesar de muitos não sentirem ou verem a mesma realidade que eles, eles mostraram que era possível, pois a estava vivendo já naquele instante no estilo de vida deles.

Mas muitas vezes isso é prejudicial, claro, ir atrás de um sonho é ótimo se esse sonho lhe fazer bem, mas o Viés Otimista está na cabeça da maioria das pessoas, e isso trás um sentimento de passividade, pois nem tudo está tão ruim quanto parece e se esperarmos mais um pouco algo vai fazer ficar melhor.

Nos iludimos.

Procuramos esse estado de conforto e muitas vezes nos impressionamos com documentários ou vídeos que nos contam a realidade por trás de governos ou pessoas que sofrem com a pobreza. Burgueses tentam ajudar algumas pessoas as vezes quando são tocadas pelas situações em que elas se encontrar, como no documentário Schooling the World, mas é uma visão tão distante e emocional que a ajuda não condiz com a necessidade deles, e acaba piorando.

O Viés Otimista é algo real, todos sentimos de certa maneira, mas acredito que devemos procurar enxergar todo o ambiente para projetarmos uma realidade benéfica para nós e para as pessoas impactadas com isso, claro, essa é a parte difícil.

Mas só de termos consciência dessa condição que nos encontramos poderemos nos questionar se o que sentimos é real ou modelado, ou melhor, muito mais modelado do que nossa perspectiva da realidade já é.