Os Inimigos do Homem de Conhecimento 2 – Medo, Clareza e Poder.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

Medo, Clareza e Poder.

Realmente, podemos dividir as pessoas assim, o seu verdadeiro ser vai estar em um desses estágios (veja o post anterior), pois todos somos Homens de Conhecimento, todos nascemos para descobrir e crescer, mas nas primeiras duas décadas de nossas vidas, nos ensinam o contrário.

Ao começar a aprender, e a seguir no caminho do Homem de Conhecimento as pessoas sentem que estudar não lhe traz aquilo que ele sentia que ia trazer, ele se sente diferente, a maioria das pessoas desmotivadas, outras evitam ir ao encontro do conhecimento, pois isso pode levar ele a auto-reflexão, e nesse mundo cheio de imperativos, o ser com dúvida é mastigado  e engolido pelos dentes do capitalismo e os caninos do mercado. Refletir é se deixar transparente um instante para poder ver melhor dentro do caleidoscópio pessoal, tarefa difícil…

Mas para derrotar O Medo há apenas um processo.

“- Isso acontece de uma vez, Dom Juan, ou aos poucos?

– Acontece aos poucos e no entanto o medo é vencido da repente e depressa.

– Mas o homem não terá medo outra vez, se lhe acontecer alguma coisa nova?

– Não. Uma vez que o homem venceu o medo, fica livre dele o resto da vida, porque, em vez do medo, ele adquiriu a clareza de espírito que apaga o medo. Então, o homem já conhece seus desejos; sabe como satisfazê-los. Pode antecipar os novos passos na aprendizagem e uma clareza viva cerca tudo. O homem sente que nada se lhe oculta.”

E se nada lhe oculta, ele vai sentir o segundo inimigo do conhecimento, A Clareza.

“Essa clareza de espírito, que é tão difícil de obter, elimina o medo, mas também cega.”

Um Homem sem medo que entende que ele pode com tudo, pois chegou até ali vencendo obstáculos irá se cegar, e não terá o tato de um sábio para lidar com as situações que exijam reflexão e paciência, pois o homem que sucumbiu a clareza. Voltar a ser humilde é o maior desafio, pois que homem ao subir numa montanha enxergará  o mundo da mesma maneira?! Mas é preciso agir como homem, não como um semi-deus.

E esse é o terceiro inimigo do Homem de Conhecimento, O Poder.

O poder é semelhante a própria erva do diabo descrita no livro, ele te dá poderes, você se sente mais fonte, imponente, invencível, ele te corrompe, apesar de ter derrotado os dois inimigos do homem de conhecimento, o Poder é o mais forte de todos, pois ele irá alimentar o corpo, irá trazer benefícios que não são da pessoa correta, e sim surrupiador que manipula e lucra em cima dos outros.

Acho que todos conhecemos dezenas, quiçá centenas pessoas assim, podemos identificar até que tipo de profissões elas se encaixam, quem continua buscando e quem enche os pulmões com a areia movediça dos inimigos do conhecimento, se afoga nela e se debate até perder.

O homem de poder se acha acima dos outros, se desliga da humanidade, valoriza apenas aquilo que lhe convém. Por conseqüência o homem de conhecimento que sucumbe ao poder tem certas qualidades, não é um homem ruim por ser ruim, mas um ser corrompido, alguém que estava no caminho, mas despencou em algum momento, e ele adorou isso.

1 Comment

  1. Excelente e acertadíssima reflexão… é preciso agir como homem… saber que ninguém está acima, ninguém está abaixo… apenas graus… chegar antes ou depois não determina as qualidades de ninguém. E acima de tudo, aquele que se convence que não tem nada a aprender… mostra que precisa aprender TUDO de novo.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Facebook
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×