O Herói, seu Ego e a Máscara.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

Sem Rosto

A batalha contra o mal é cíclica e devastadora,
E muitas vezes ele usa golpes baixos e artimanhas,
sabendo muito bem suas fraquezas, englobando você,
como a escuridão engloba uma vela e sua fraca chama

Você pode derrotá-lo, mas só o mandará para a prisão
prisão essa que não acabará com o ciclo, herói e vilão
Mesmo preso ele entende as fraquesas humanas
e a utiliza para sair com suas manhas.

A nova ética herórica o proíbe de matar e terminar a perpetuação,
As crianças imitam seus gestos, as mulheres se interessam pelo resto
se o ciclo acabar como o herói ficará? O que ele vai ser?
Se prender o vilão, vai ter chance de usar sua máscara denovo.
Mas se o matar, condena também seu alterego mascarado.

O herói tem uma falha gigante,
Ele é louco, ele é incabível no mundo,
Ele não pode ser nada além que uma máscara,
não há mais nada além de sua capa,
seu ego já não existi mais,
Ele, agora vive a mudança que quer ver,
e ve as mudanças nas vidas de agora.

1 Comment

  1. Muito interessante o blog. Textos reflexivos e desmistificadores. Parabens!!!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×