Lei Sobre o Cigarro.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

sinal de fumaca

Agora já não se pode fumar dentro de ambientes fechados, um vício se torna um crime da noite pro dia.
As pessoas tem que mudar seus hábitos, mudar de lugares que costumam frequentar, talvez até tentar parar com o vício já que o cigarro aumentou o preço consideravelmente.

Não digo que sou a favor do Vício, alias sou contra, mas no meu estilo de vida, e também sou a favor do livre arbítrio e livre circulação de pessoas. Sou totalmente contra uma lei que imposta por uma minoria irá influenciar uma grande maioria, tudo bem, soltei um clichê, mas o que quero dizer é que bares, baladas e afins são lugares que você já está acostumado com a fumaça, aliás, as pessoas vão já sabendo disso, e vão em massa. Acho que alguém que tem o curriculum de pessoa que cuida da saúde do Brasil não pode simplesmente colocar uma lei que intervenha no estilo de vida das pessoas, sendo que foram proibidos até fumódromos, o que me faz pensar numa atitude infantil de tentar eliminar o cigarro da vida das pessoas, e a fonte disso seria a visão pessoal de uma pessoa ou como ele mesmo alega, a tentativa de igualar o Brasil a países europeus.

O que venho escrevendo aqui insistentemente é que não vai ser com uma lei dizendo o que devemos fazer e como que vai mudar a cabeça das pessoas, uma pessoa pode não matar, mas que se ela for devidamente implicada com certeza ela irá pensar nisso, e o desejo já está implantado.

O que se deve visar é mudar a formação de carácter e necessidade das pessoas. O Cigarro só está aí porque nós, e nisso digo todas pessoas, aceitam a imagem/mensagem e lhe dão o valor necessário para se tornar parte da rotina das pessoas, usado como status, tranquilizador, e muitas vezes apenas por estética.

Se você vê uma fumaça na mata e quer apagar o fogo, não adianta nada fica dissipando a fumaça, a essência do problema é mais embaixo/profunda.

Não se dá consciência aos outros através da imposição e sim através da compreensão.

6 Comments

  1. Concordo plenamente você, o que deveria ser feito é continuar as campanhas de divulgação dos malefícios do cigarro. A proibição não faz o uso diminuir, veja o caso das drogas, as pessoas fumam e cheiram escondidas, mas não deixam de fazer uso porquê é proibido.

    Assim, o que deveria ser feito é concientizar, ensinar as pessoas de usar tanto o cigarro quanto as drogas fazem mau a saúde. E eu não falei do álcool que também faz mau e não existe campanhas para explicar os malefício do uso contínuo da bebida.

    Depois de divulgado e difundido cabe a cada um escoljer se ainda sim quer utilizar ou não esse produto ou aquele.

  2. Mais inddependente ou não se o governo quer formar as pessoas com alguma lei, ele está defendendo o diretio de outro cidadão a frequentar um lugar sem precisar de inalar a fumaça paificamente, e essa é a questão primordial da lei, agora, filosofismos de livre arbítrio a parte pra mim é bandeira de fumante revoltado, também comcordo com o livre arbítrio porém, sim, o direito de ir e vir do cidadão que não fuma, pois afinal, essa simples condiçaõ é natural e humana, enquanto o cigarro é um questão cultual ou seja, vem depois da natureza humana ! Obrigado !

    • É muito fácil uma pessoa que se incomoda com o cigarro querer julgar a pessoa que lhe incomoda, é a coisa mais natural do mundo, fazer quem ti incomoda ser controlado para que não ti incomode mais.
      o ser humano está sim livre para ir e vir, e não vai ser uma fumaça ali ou aqui que vai lhe impedir. Existem muitas outras coisas que com certeza fazem mais mal ao ser humano e é disfarçado pela mídia, como já dito aqui neste blog.
      A natureza humana é poder escolher, é poder relacionar, é poder ser criativo, essa é a base do ser humano, tomar escolhar erradas e certas muitas vezes, mas não todos aprendem com isso.

      Inventar uma lei que proiba alguém de fazer algo, não vai lhe tirar a vontade.
      a mudança de que vir de dentro não outorgado de fora.
      quem se incomoda com o cigarro deve sim pedir um fumodromo se se incomodar muito com o cigarro, é um direito do cidadão.

      resposta de um não fumante.

  3. kara soh ki tem uma coisa
    tipo
    no meu caso
    eu acabei c bronquite alérgica p causa do meu vô q fumava o tempo todo,,, eu n gostava mas ia fazer o q??
    agora ele morreu d câncer d pulmão, tah tipo isso foi ele q quis, mas e eu??
    fumei 100 fumar, putz isso também é injustiça, é como se as pessoas no ambinet no meio em q vivemos, e pessoas q fumam, nos obrigassem a fumar tbm,,,pensa…vc se deixa adoecer involunatriamente, vc não pediu isso, vc não buscou, não eh sua culpa, mas os bons sempre pagam pelos maus.

    • o que quero dizer no final de toda essa discussão é que:
      é indiscutivel que cigarro faz mal ao fumante e aos companheiros do fumante.
      Mas impor algo como essa lei não vai fazer ela parar de fumar,
      no seu caso aconteceu uma infelicidade, devo ressaltar que não é sempre assim,

      Digo que em vez de uma lei que não ensina nada, devemos fazer as pessoas se conscientizarem, leis não conscientizam, elas castram liberdade e limitam o pensamento humano.
      claro, não são todas.
      Repito, deve-ser mudar o ser ou faze-lo entender, não impor algo a desgosto.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×