Category: Notícias Pra Te Incomodar (page 1 of 17)

Aura suit, a roupa que vai eliminar a bengala da vida dos idosos

Há muitas desvantagens em envelhecer e uma delas é a dificuldade para realizar atividades da vida diária. Em vários países do mundo a população está envelhecendo e ao mesmo tempo as expectativas de vida estão aumentando e isso abre um novo nicho de mercado de tecnologia vestível para ajudar na mobilidade dos idosos. Projetado para ser fácil de usar, o Aura Superflex Suit, é uma roupa inteligente que reage aos movimentos naturais do corpo do usuário, dando-lhe força muscular extra para ficar de pé, levantar-se, sentar-se e subir escadas.

A roupa foi criada pela startup californiana Superflex em parceria com o estúdio de design Fuseproject para melhorar a experiência do dia-a-dia para ajudar os idosos com desafios de mobilidade colocados pela idade e doença. Utilizando o princípio da biomimética, a configuração da roupa fica anatomicamente alinhada com a composição muscular do utilizador dando-lhe total conforto ao usar. Os componentes eletrônicos como placas de controle, motores e baterias foram inseridos nos pods com design hexagonal.

O Aura Superflex Suit é alimentado com pilhas que podem ser facilmente escondidas sob as roupas. É feito de tecido leve, flexível. Existem vários motores e sensores alojados em pods hexagonais, que adicionam força para o usuário, como se fossem “músculos elétricos” que estão localizados nas costas, pernas, quadris e torso. Eles usam inteligência artificial para trabalhar em colaboração com os movimentos naturais do corpo, adicionando potência muscular adicional. O processo pode ser usado por pessoas idosas, atletas e pacientes doentes, mesmo terminais (incluindo crianças).

A empresa diz que a roupa ainda está em fase de projeto e a expectativa final é a de ter todos os elementos integrados na roupa de forma a esconder a tecnologia. A Superflex e a Fuseproject vão continuar a desenvolver este conceito com o objetivo de trazer uma roupa inteligente super confortável e altamente funcional para o mercado, oferecendo aos idosos melhor qualidade de vida.

Com a roupa inteligente Aura Powered Suit, os idosos irão abandonar as bengalas e andadores stylo urbano-1

A tecnologia foi originalmente desenvolvida na empresa SRI International, especializada em exoesqueletos flexíveis, como parte de um programa para reduzir as lesões em soldados que transportam cargas pesadas, e foi recentemente desmembrada em outra empresa focada no consumidor. A roupa robótica da Superflex será lançada somente em 2018.

Com a roupa inteligente Aura Powered Suit, os idosos irão abandonar as bengalas e andadores stylo urbano-2

Tesla inventa um telha solar mais barato que os telhados comuns

Telhado solar da Tesla deve ser mais barato do que telhados comunsA tecnologia já tinha atraído os olhares pelo fato de ter um design mais harmonioso. | Foto: Divulgação

A tecnologia já tinha atraído os olhares dos consumidores e empreendedores pelo fato de ter um design mais harmonioso com os projetos arquitetônicos. As placas criadas pela Tesla não são aplicadas sobre as telhas, como acontece normalmente, o que mantém todo o padrão estético dos edifícios. São as próprias telhas que geram energia.

Divulgação

Além disso, ao anunciar o novo produto que estará disponível em quatro modelos diferentes, Musk ainda garantiu que o sistema é apenas 2% menos eficiente do que os painéis solares tradicionais e é mais durável do que as telha comuns.

“É bastante promissor que um telhado solar irá custar menos do que um telhado comum. Então, a proposta básica deveria ser ‘você gostaria de um telhado que é mais bonito do que os normais, dura, pelo menos, duas vezes mais, custa menos e ainda gera eletricidade limpa? É como perguntar porquê alguém teria qualquer outra coisa”, disse o CEO em anúncio oficial.

Clique aqui para ver os detalhes desta placa solar revolucionária.

Fonte: CicloVivo

Laniakea: Cientistas mapeatam 8000 Galáxias (de bilhões) e fizeram uma descoberta incrível

Contar as estrelas no universo é como tentar contar grãos de areia na praia, quase impossível. No entanto a quantidade varia entre os experts, o consenso geral é que há pelo menos 100 bilhões no nosso universo.

Pare um pouco e pense que em cada um delas há bilhões de estrelas em cada galáxia. E esse número pode ser até de trilhões, não há como saber ainda.

A nossa galáxia, a Via Láctea por exemplo,  mede 120.000 anos-luz de um lado para o outro e contém quase 400 bilhões de estrelas.

No vídeo você verá que as galáxias forma um padrão de posicionamento, assim como nosso sistema solar faz parte de um braç da Via Lactea, a Via Lactea faz parte de uma parte da Laniakea, um aglomerado de galáxias gigantesco demais para descrever aqui chamado Laniakea.

 

 

Laniakea

Inventaram uma torneira geradora de energia através do movimento da água

Duas coisas que são fundamentais para vida moderna – água e energia elétrica – ainda são artigos de luxo em algumas partes do mundo. Sabendo disso, o coreano Ryan Jongwood criou uma torneira que gera eletricidade com o movimento da água no encanamento. Dá pra acreditar?

Chamada de ES Pipe Waterwheel, o conceito é semelhante ao aproveitamento de energia cinética dos moinhos de água, por exemplo. A eletricidade fica armazenada em lâmpadas específicas e, quando estão carregadas, são utilizadas para iluminação ambiente.

ES Pipe Waterwheel foi finalista no Prêmio IDEA, uma das principais competições de design do planeta. Além de muitos benefícios, o sistema é fácil de usar e instalar no encanamento já existente. Assista ao vídeo ilustrativo, logo abaixo:

Fonte: http://engenhariae.com.br/

Google explica como funciona seu computador Quântico que é 100 milhões de vezes mais rápido que um computador comum

A nova plataforma é capaz de resolver problemas 100 milhões de vezes mais rápido do que um PC convencional.

Ao contrário dos computadores regulares que codificam dados para bits que pode conter tanto “1” ou “0”, os computadores quânticos usam bits quânticos que podem processar ‘1’ e ‘0’ simultaneamente.

Usando técnicas especiais para manipular unidades de informação quântica, isso permite que o computador possa realizar toda uma série de cálculos matemáticos, tudo ao mesmo tempo.

Continue reading

A Tribo que Criou a Primeira Enciclopédia Xamânica do Mundo

Nos isolados confins da floresta amazônica, os índios Matsés passaram os últimos dois anos metidos em um projeto iluminista: escrever uma enciclopédia capaz de salvar uma cultura à beira da extinção.

Também conhecidos como Mayorunas, os Matsés vivem ao longo do rio Javari, na fronteira entre Brasil e Peru, um lugar tão afastado que, ainda hoje, abriga tribos que nunca foram contatadas.

Para prosperar na região, os indígenas sempre contaram com técnicas particulares de caça, pesca e remédios cultivadas ao longo de séculos pelos xamãs. Cada um desses líderes espirituais possuía um catálogo mental capaz de transformar a mata em uma farmácia viva.

Hoje esse conhecimento é restrito à memória de alguns poucos anciãos, todos com mais de 60 anos. Conforme eles envelhecem e morrem, essas informações ficam perto de sumir da face da Terra.

Foi para evitar esse apagão cultural que, em 2012, cinco dos últimos xamãs da tribo se reuniram para escrever as mais de 500 páginas da Enciclopédia de Medicina Tradicional Matsés. Nela registraram nomes de plantas, animais, doenças e sua relação com a floresta.

Três xamãs discutem sobre a enciclopédia. Crédito: Acaté Amazon Conservation

“Essa é uma iniciativa revolucionária pois não houve nenhum forasteiro vindo para documentar esse conhecimento”, disse o médico — e forasteiro — Christopher Herndon, presidente da Acaté, uma ONG norte-americana dedicada a ajudar os Matsés do Peru em projetos de desenvolvimento e sustentabilidade.

Os membros do grupo foram os únicos de fora da tribo a ter acesso ao trabalho e ajudaram com aspectos técnicos do projeto. “A iniciativa foi coordenada pelos líderes Matsés e pela equipe da Acaté, mas a enciclopédia foi toda escrita pelos próprios índios, em suas vilas, usando suas próprias palavras e sua própria língua”, disse.

“Nenhum dos xamãs atuais possuía aprendizes. A sabedoria acumulada ao longo de gerações estava à beira da extinção”

Continue reading

Cristo pregava amor e não apredejar meninas de 11 anos de outra religião

menina.11.anos.apredejada.candoble.religiao.intolerancia

 

Realmente essa brincadeira de telefone sem fio com a mensagem de Jesus (verdadeiro nome :Yeshua) está nos chocando cada vez mais hoje em dia.

E ela não vem de agora, veio desde sempre, pessoas já morreram aos milhares por causa das interpretações de cristo, e de outros religiões também mas num número menor.

Essa menina de 11 anos saia de uma festa de candomblé vestida com o pano na cabeça e saia branca, e ao sair pessoas desconhecidas já começaram a gritar que ela iria para o inferno, a xingaram de macumbeira e a apredejaram.

– Continuo na religião, nunca vou deixá-la. É a minha fé. Mas não saio de mais de branco. Nem no portão eu vou. Estou muito, muito assustada. Tenho medo de morrer. Muito, muito medo.

Nessa situação temos diversas coisas erradas acontecendo, e vou pontuá-las para entendermos o panorama da coisa.

Continue reading

Cientistas conseguem “desligar” cromossomo da síndrome de Down

A síndrome de Down é causada pela presença de três cromossomos 21, ao invés de dois Foto: Getty Images
A síndrome de Down é causada pela presença de três cromossomos 21, ao invés de dois

Foto: Getty Images

 

 Cientistas da Universidade de Massachusetts conseguiram silenciar o cromossomo extra da trissomia 21, também conhecida como síndrome de Down. Os cientistas fizeram o estudo em células, mas acreditam que a descoberta pode pavimentar o caminho para estabelecer terapias potenciais contra o mal. O estudo foi divulgado na revista Nature.

A síndrome de Down é causada pela presença de três cromossomos 21, ao invés de dois, como normalmente ocorre. A anomalia causa problemas cognitivos, desenvolvimento precoce de Alzheimer, grande risco de leucemia na infância, defeitos cardíacos e disfunções dos sistemas endócrino e imunológico. Ao contrário de desordens causadas por genes individuais, corrigir síndromes causadas por um cromossomo inteiro se mostrou um desafio para cientistas. Mas esse tipo de pesquisa teve passos importantes nos últimos anos.

“A última década teve grandes avanços nos esforços de corrigir desordens de gene único, começando com células in vitro e, em muitos casos, avançando para tratamentos in vivo e clínicos”, diz Jeanne B. Lawrence, líder do estudo e professor da universidade. “Em contraste, correção genética de centenas de genes em um cromossomo extra inteiro tem permanecido fora do campo das possibilidades. Nossa esperança para aqueles que vivem com síndrome de Down é que essa prova de um princípio abra muitas animadoras novas avenidas para estudar a desordem agora e trazer para o campo das considerações o conceito da ‘terapia cromossômica’ no futuro.”

Para chegar a esse resultado, os pesquisadores usaram um gene do RNA chamado de XIST, que é encontrado em fêmeas de mamíferos e é capaz de silenciar um dos dois cromossomos X, impedindo que ele processe proteínas. Com o uso de células-tronco, eles conseguiram fazer com que esse gene “desligasse” o cromossomo extra da trissomia 21.

O próximo passo é avançar dos testes em células para as cobaias. Os cientistas pretendem estudar se essa “terapia cromossômica” é capaz de corrigir patologias em ratos com a síndrome de Down.

Saiba como a Guerra às drogas é algo inútil, leia esse quadrinho

2 3 4 5 Continue reading

Firefly: A cadeira de rodas hiper rápida

Conheça a invenção que irá dar uma liberdade para os cadeirantes nunca imaginada antes.

Hoje em dia mesmo nas melhores cidades não são todos os espaços que são pensados para pessoas com deficiência física, e isso inclui ônibus, metros, calçadas, que apesar de terem suas boas intenções não atendem totalmente as necessidades de um cadeirante.

É certo que hoje em dia já existem alguns tipos de exoesqueletos que possibilitam pessoa que perderam o movimento das pernas andarem de volta, mas essa nova invenção chamada Firefly, vagalume em inglês, poderá fazer com o que os cadeirantes tenham um mobilidade extremamente maior, além d e poder andar melhor em calçadas poderão até se comparar a bicicletas em velocidade, um enorme ganha para sua mobilidade.

E seu preço não é nenhum absurdo para o ganho que proporciona, apenas 2000 dólares.

Enquanto o exoesqueleto não fica pronto para comercialização muitas pessoas poderão se beneficiar dessa cadeira.

 

 

pediatric-firefly-1400x800

Site oficial: http://riomobility.com/en/powerhandcycle/firefly-features.html

 

Older posts