Category: Algumas Rimas (page 2 of 3)

A Ascenção dos Deuses

poseidon

Milagres são quantificados,
a fé calculada,
livros desmetificados,
rimas não mais engajadas.

A sabedoria é negada, pois há cadáveres aqui.
São coloridos, são luminosos,
são gigantes, são alados.
tropeçamos em barbas, trombas e caudas
O Deuses cairam do céu.

Annunaki, nefelim, Quetzacoltl,
Alah, Ganesh, Poseidon.
Somos imperfeitas perfeições, desviados
de dons que negamos ter.
Temos sim perfeitas configurações,
ressoados sons que desejam correr.

Velhas crenças se foram,
A guerra nunca muda.
Novas crenças se formam
A guerra nunca muda.
Velhas crianças são orfãos,
A guerra nunca muda;
Nossas crianças se cortam.

O passado se despedaçou em cacos de vidro,
que ficam presos entre os dedos dos que insistem em se atrasar
O futuro é um espelho que refleti o passado.
Ele está a um passo de mim, e começa da minha cintura,
Não vejo meus tornozelos, mas sei que podem ainda caminhar.

Estrelas escurecem, mas outras começam a iluminar,
quanto maior menos tempo terá que aguentar.
É uma guerra silenciosa,
Hoje estamos sobrevivendo,
tenha fé ou tenha força
estamos sobrevivendo.

A diferença de armas e escudos
é o que determinará se estará na linha de frente
ou a recuar como um covarde
por trás de seus companheiros.

Seguindo rimas e versículos, homens e mulheres,
quase homens e animais, livros ou cartas,
mitos ou histórias, dados ou estrelas,
escolheremos o modo de viver na imensidão do ser,
pois não somos humanos, somos muito mais,
definir é limitar, se imaginamos Deus,
como seres “humanos” limitados e definidos como nós podemos imaginar o inimaginável, intangível?!

Somos Deuses auto-castrados,

Somos Deuses em ascenção.

________________________________________________________________________________

Não percebemos que sempre olhamos para um espelho.
Olha só como somos parecidos.

A Vida Como Uma Vela

lanca-chamas

A vida é que nem uma vela na janela
a qualquer momento o vento pode bater e apagá-la
as vezes a pessoa prefere concentrar sua chama pra queimar devagar e durar muito tempo, mas de tão concentrada ela fica pequena e pode ser mais facilmente apagada,
mas também existem as pessoas que queimam sua chama com toda a força e intensidade e acabam mostrando sua luz pra todos a seu redor podendo as vezes apagar,
mas com certeza quando isso acontecer é porque a vela acabou…
não porque teve medo de queimar ou iluminar.

Como você queima sua vela?
Como você vive sua vida ?

Notícias de Ontem e Ontem e Ontem.

morto

Uma pessoa perde um parente e passa no jornal
depois de um dia só passa outras tragédias

Minha irmã morre e microfones vão
entrevistar, não socorrer
os olhares se atraem para a tragédia
não para uma normal situação

Um, Dois.
NO AR! NO AR!

Vamos olhar, vamos chorar
o sofrimento vindo da televisão
não desligue, não troque de canal
eles querem você, querem sua atenção

Vamos matar, vamos deixar morrer
vidas são de menos, ninguém importa
Minha irmã passou no jornal, ela se foi
o ibope aumentou seus números com a morta

Deixe cair, Pode pisar
vidas são mais importantes, o terror não alcançou sua meta
onde está a moral? ela foi tão importante
a reportagem terminou, corta!

Temos outra morta.

Ignorância Sábia

velho-da-praca

Sim, estamos numa constante mudança.
Mas para o que visamos, sendo que andamos sempre a esmo
cavaleiros errantes auto questionadores da verdade
que a cada cidade visitada, uma gota é acrescentada ao vaso do conhecimento
em que insistimos pensar que está sempre quase cheio,
quando na verdade isso só impossibilita o abastecimento continuo da sabedoria
seja humilde o bastante pra falar que não sabes tudo,
é o unico conselho do sábio, pois nem ele sabe tudo,
mas é um dos poucos que não para (de abastecer)
por causa disso.

O Castelo, O Tijolo e Os Manipulados

castelo-2

Sempre me disseram para tirar notas boas
e ser um advogado ou um médico quando crescer
sempre me disseram pra não ficar muito tempo atoa
e pra evitar pensamentos dificeis quando isso acontecer

Mas não estamos 24 horas monitorados
e um dia atoa eu vi acontecer.
esse não é o jogo que quero jogar
Não é nesse compasso que minha vida vai tocar
isso é uma coisa que me vem sempre a cabeça
como aquele pernilongo numa noite de verão
e você não dorme até conseguir acha-lo.

Os chefes do mundo querem que você não pense
querem que siga o manual do cidadão
mas o que é ser um cidadão perfeito?!
não seria a mesma coisa que anular toda a minha potencialidade
e a complexidade dentro de mim para finalmente ser
Apenas um tijolo desse castelo
em que o rei não nos mostra as caras
apenas manda mais cimento e nos aglomera paralisados, petrificados.

Mas mal sabe ele que trabalhadores mal incentivados
não fazem seu serviço direito.
e que não precisa de muitos tijolos soltos pra tudo desabar.
E implodir. Implodir.

O Estagnado Feliz e o Insatisfeito Ganancioso

praia

“Quanto menos consciência você tiver de sua existência ou do que acontece ao ser redor mais feliz você será. E isso é inversamente proporcional.”

“Tem gente que se contenta com o que tem e estagna pela vida inteira, realmente não sei se a natureza humana de ganância é a certa, pois quem se estagna pelo menos está contente, estado esse que o ganancioso só alcança por alguns segundos.”

Esses dois pensamentos meus realmente me colocam em cheque, e a única saída possível que vejo é que podem existir os dois ao mesmo tempo, apesar de existir uma linha tendenciadora de estilos de vida, a essência das pessoas continuam em uma correntes, o Estagnado Feliz, e o Insatisfeito Ganancioso.

O Estagnado vive sua vida tranquilamente, sem se preocupar muito com o futuro, gosta de aproveitar os momentos simples e geralmente não se envolve com projetos grandes, e trabalha em lugares em que não se exija muito esforço, que não gere stress, afinal o que importa para ele é a qualidade de vida.

O Insatisfeito evita vida tranquila, está sempre atrás de coisas grandes, e grande maioria se apega aos valores que a mídia e a sociedade passa, muitas vezes sendo extremamente fútil e materialista, ele também tem a irritação/mania de querer impor seu estilo de vida (ganancioso) para o Estagnado que não ouve ele, pois suas realidades são completamente diferentes, mas o Insatisfeito nunca desiste e sempre pressiona o Estagnado.

E é uma batalha para ver quem domina quem, de um lado ataques psicológicos do outro, a compreensão de que se deve valorizar outras coisas.

Um que se move tranquilamente num ritmo hipnotizante no outro o que precisa do vento para rastejar e mudar sua direção.

Talvez apenas a penumbra de areia molhada seja o certo, o equilíbrio.

O Paradoxo do Monge General

orador

.

.

.

.

.

.

.

.

Sonho, prisão, beijos, solidão
no sólido momento que no solo deixa marcado
salgadamente sujeito a suplicar pelas salas
vazias de toda a compreensao,
vagamente vão se dissipando no vasto vão
de apatia e avareza…
nos vicia, nos vacina, va cinderela ,correr
antes do tempo acabar
porque todo tempo vai, todo tempo volta as vezes
todo tempo voa, no vai e volta do avestruz
corra mas sem pressa, va com calma mas não se atrase
estes sao os paradoxos dos para-conscientes
pseudo sábios quase enganadores que nos ordenham
até a desertificação de nosso jardim vital,
o branco da bandeira do barco balbuceia
PAZ PAZ!!! mas internamente sabemos que deseja guerra
pois sua existência seria sem sentido sem a sua dualidade.
que (in)felicidade.

Não Aguento Mais Ser Deus

cratera

Eu vou descobrir tudo
desvendar todos os mistérios
iluminar o caminho interrogativo da escuridão
e desmitificar todo o folclore imaginativo
vindo do desconhecido breu

Existem garras tentando nos buscar
desse mundo que negativa a realidade
suas dúvidas vamos resolver
Existem sombras tentando nos assustar
vamos mais para o fundo com essa maldade
seu futuro vamos prever

Ser Uniconsciente, ser Unipresente
ser Unipotente, deixar ser um ser que sente
no vázio do infinito depositamos nossa existência
inexistindo como humanos, como seres imperfeitos
vamos ouvir as preces, e ler os versos rimados da sabedoria
desfrutar das luzes, caos e criação do universo
Brincar nesse pêndulo sem tamanho descritível.

Tudo é tão grande, tudo está em mim.

Passam-se 100 anos e ainda me divirto olhando os pedaços de mim em suas desventuras

Passam-se 1000 anos e o trabalho é árduo, muitas pessoas morreram, não consigo atender a todos os desejos

Passam-se 10000 anos e já vi tanta morte e tanta tristeza que realmente me arrependo de meu cargo atual
as pessoas não percebem que vivem de maneira errada, apesar dos sinais que dou,

tudo perdeu o sentido pra mim.

Acordo numa praia vendo o amanhacer
parace tão belo, seu calor conforta minha pele gélida e molhada
o reflexo aquático de sua luminosidade me cega por instante
e prefiro ficar de olhos fechados
apenas sentindo, apenas sentindo meu corpo esquentar.

-Graças a Deus não sou Deus mais.

Vilões do Outro Lado da Fronteira.

samurai-mau

Heróis no campo de batalha
é ouvida a trovoada de sua marcha
em seguida vem a chuva de suas flechas
todos valorizam as mesmas coisas,
mas as bandeiras os polarizam nessa peça,
Estandartes ao vento determinam,
O Herói e o vilão
O Vilão e o herói
ambos idolatrados por fracos que se tornarão mártires
mártires de reinos que esquecem de viver
mártires de reinos que não sabem quem é você
eles se preocupam em conflitar, em separar, em classificar
as diferenças causam guerras, igualar, união

Rufem os tambores para o sangue jorrar
Em respota os gritos voam aos ouvidos inimigos
covardes ou valentes
valentes ou covardes
quando a lâmina ti cortar ela não saberá qual é de verdade
no baço ou na virilha
você corta e atira
sobreviver é a questão
alguns esquecem a honra
outros a honra faz questão de deixar.

São todos sanguinários que pensam seguir algo para se confortarem
Deus, conduta, leis ou reis
são todos significantes significados do saber batalhal
o propósito ti deixará em pé
e a falta, ti fará tropeçar e cair,
pois você se torna o mal
que ataca todos sem sentir
que ele é tão ignorante quanto você
para entrar numa guerra sem saber
nada ganha, a não ser que queira mesmo morrer.

Gravata, a coleira do novo século

gravata1

As vezes da vontade de gritar
sinto uma saudade extrema de tempos atrás
sim, antigamente eu era mais feliz…
é impressionante que quanto mais ficamos velhos(e por zeus que esse dia nunca chegue)
mais triteza sentimos,
mas talvez éramos cegos ao o que acontecia ao nosso redor
no final todos somos um pouco esquizofrênicos por opção,
pois levamos tantas apunhaladas que é melhor ignorar a realidade as vezes
e vivermos no nosso mundinho com nuvens de algodão…
e mesmo conseguindo alcançar nossos objetivos pouco a pouco
ainda sentimos falta…
é estranho demais…mas todos devem sentir isso, imagino eu
só nos bastar tentar sermos aquela criança que fomos, que sabemos que era feliz,

Pois ser “adulto” é apenas não ter mais tempo para fazer as coisas que deseja.

Older posts Newer posts