0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

O ser humano atual tem o costume de pegar o caminho menos doloroso, o menos trabalhoso, mesmo que isso signifique um menor resultado no final. E isso também pode ser aplicado nas amizades, amigos muito complicados geralmente são deixados de lado em vez de serem ajudados, mas isso não chega a ser uma decisão tomada e sim acaba sendo uma construção para o abandono do velho amigo.

Quando tocamos algum instrumento sempre nos é apresentado uma forma de tocar mais fácil e outra mais difícil, e claro que a mais difícil é muito mais bonita, na maioria dos casos pelo menos, mas a satisfação e o comodismo nos impedem de ir pelo modo mais árduo, o que em alguma situações é bem cabível, como no caso da música, algumas pessoas só querem tocar algum instrumento por diversão, não querem se dedicar realmente a ele, tudo depende de como encaramos aquilo que estamos fazendo.

Mas é possível ver esse tipo de atitude nas amizades mais estreitas. inFelizmente não vivemos num mundo onde tudo dá certo e acaba bem, temos muitos problemas a enfrentar e alguns infelizmente não sabemos lidar e temos que aprender, o que pode demorar certo tempo, e nos abalar. Podemos ver isto também quando estamos fazendo algo que não está certo, ou que a(s) pessoa(s) não estão gostando, e isso acontece bastante no nosso dia-a-dia. Mas existem poucas pessoas no mundo que tem a capacidade de ser sincero, claro, exige um pouco de iniciativa, e muitas vezes nem precisa de uma bagagem de experiências grande, pois o que realmente conta nessa situação é você saber que sua atitude que por mais que pareça um “tapa na cara” ela apenas irá fazer bem.

Os mais sensíveis podem condená-lo por ter tocado num assunto sensível à pessoa, como por exemplo: um amigo seu só fala de sua ex-namorada ou então está falando sobre como ele não consegue fazer as escolhas da sua vida, que se sente muito perdido e começa a se lamentar sobre isso e acabando muitas vezes se matirizando com o sofrimento algumas vezes sensacionalista dele. Essa palavra carregada de sinceradade tem que ser jogada na cara da pessoa, pois a ilusão de premeditar o bem estar alheio não tem nenhuma efetividade, palavras otimistas não resolvem, apenas anestesiam.

Quando o ciclo de “deixa acontecer” acabar talvez poderiamos finalmente perder a síndrome de culpa, comodismo niilismo que atingi grande parte da humanidade. Além do mais quando se sai de cima do muro para dar esse “salto quântico” (termo tirado do salto que o eletron dá quando troca de camada) de sinceridade a relação sua com a pessoa fica mais estreita, algumas vezes isso pode ser não tão bem recebi a primeira instância, mas poderá ser ajustado alguns momentos depois, pois não há razão para ficar nervoso com quem está lhe querendo bem, e a maioria das pessoas consegue ver isso quando formos conversar com elas de canto.

Como muitos atalhos o que você pode tomar pode ser o mais rápido e menos cansativo, porém não o mais bonito e agradável.

Assim funciona nossos relacionamentos também.