0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

Que maneira mais fácil de incomodar uma pessoa do que não andar de um ponto a outro numa linha?!

Pouquíssimas pessoas o fazem, e isso incomoda boa parte das pessoas! A maioria das vezes é tão incômodo que não há como não falar algo, ou ouvir alguém falando pra você: “Por que você tá andando assim?! O que você tá fazendo?!”

Estamos tão condicionados a ser eficientes, ou a pensar de forma simples que qualquer alteração nesse paradigma de raciocínio é loucura, ou confusão.

Mas que fique bem claro, não falo que devemos fazer todas as coisas diferentes, pois realmente muitas vezes o diferente não é o eficiente, e quem vê algo que não é eficiente, se for um ser humano inteligente, irá tentar criar uma maneira de melhorar aquilo, ou seja, tentará ser criativo.

Mas o que quero falar mesmo é da estrutura de pensamento que temos hoje em dia. Vou citar mais um exemplo, quando estamos nos EUA é comum darmos 30% de gorjeta, já no Japão dar gorjeta é algo incompreensível, pois se a pessoa já ganha seu salário não há por que alguém dar dinheiro dessa maneira, a pessoa que recebeu a gorjeta irá devolver.

Não queremos nos adaptar, achamos estranho quem sai da risca, obedecemos padrões sem perceber.

O que eu peço para você e que faça um experimento, comece a usar a mão esquerda de vez em quando, comece a andar de forma diferente, olhe de forma diferente, encoste mais nas coisas, cheire mais as coisas, comece algo novo, tente aprender algo que sempre quis, conheça pessoas novas, conte histórias de forma diferente, seja alguém que você sempre quis ser, se adapte, beije diferente, abrace diferente, sinta diferente, mude diferente.

Dê esse salto para reconhecer mais o universo, estamos tão presos à uma rotina que não enxergamos novas formas.

90% das Crianças de até 6 anos são consideradas gênios, 10 anos mais tarde depois de tanto formatação do mundo, de ordens de comportamento e convenções sociais, esse número cai para 10%.

O que falta para você ser criativo é pensar como se fosse a primeira vez que te perguntaram algo. Como se fosse uma criança, descobrindo.

Em um teste de genialidade é perguntado quais são as possíveis funções que um clips pode ter, um gênio daria 200 respostas diferentes.

Uma das respostas que me impressinou foi que as crianças desconsideraram o clips ser de metal, ele poderia ser feito de qualquer coisa, desde arroz até cristal.

Ilimite seu pensamento, e seja mais autêntico.

Exemplos de condicionamento: Não olhamos para as pessoas mais que 5 segundos seguidos nos olhos, julgamos todos, pois nos foi ensinado a julgar, temos aversão ao toque, valorizamos e nos deixamos levar pelo exterior e reclamamos de como tudo “mudou” quando na verdade nos enganamos, competimos, reclamamos em vez de agirmos, falamos em vez de sermos, ignoramos em vez de mudarmos.