0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

Usina Nuclear

“A Coreia do Norte assinou com os EUA em 1999 um acordo pelo qual os norte-coreanos abriam mão do seu programa nuclear em troca de combustível enviado, porém sob a administração de George W. Bush os EUA descumpriram sua parte do acordo, o que combinado com um crescimento das hostilidades da potência norte-americana, levou a Coréia do Norte a acelerar o seu programa nuclear.
O país afirmou ter o direito de testar tais mísseis, pois é um país soberano. O Conselho de Segurança das Nações Unidas adotou dia 15 de julho daquele ano uma resolução impondo sanções à Coreia do Norte por seus testes de mísseis. Em 9 de Outubro de 2006, a Coréia do Norte teria realizado um teste subterrâneo de um artefato nuclear. Dias depois, as sanções voltaram em vigor, pois o Conselho de Segurança da ONU considerou uma ameaça à paz mundial. Até a China, principal aliada da Coréia do Norte, apoiou a implantação das sanções.”

Os orientais ja desconfiam dos ocidentais, todos principalmente os políticos já sabem que há uma lei silenciosa que só certas pessoas “confiáveis” pelos donos de bombas nucleares podem ter bombas, aliás com muito mal gosto, quando se faz um trato para o anulamente de uma futura ameaça por simples combustível, Bush talvez pensando que ninguém levantaria a mão contra os Eua, ignorou o trato, esperando o que?
Existem pessoas com coragem ou insanidade governando ainda, não se sabe qual dos dois.
Um País que se isola, não havia necessidade de tal ato desleixado.
A ONU condena suas ações, mas ela pelo o que vemos na realidade não tem qualquer poder sobre qualquer lugar, e também como sabemos é basicamente financiada pelos Eua, ou seja, suas opiniões muito provavelmente influenciadas a seu favor.

Cronologia desse atrito:
http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2009/05/090525_coreiacronologiag.shtml